Ganso sobre Corinthians: "Não é impossível, mas é complicado"

Jogador fala da corrida contra o tempo para pegar o Corinthians e de possível renovação com o Santos.

Sábado, 26 de maio. Ganso começa a recuperação da artroscopia no joelho direito - sua quarta cirurgia na carreira - um dia após a operação. Calejado, o camisa 10 toma a decisão para si: vai se internar no CT Rei Pelé para acelerar a recuperação e voltar o quanto antes. Dos 13 dias desde então, 11 foram passados inteiros no local e dormidos no Hotel Recanto dos Alvinegros.


Ganso sobre Corinthians:

Nesse tempo, ele gasta duas horas para cada sessão de fisioterapia, em duas ou três sessões diárias. Tudo para ter a chance, remota, de entrar em campo na próxima quarta-feira, no clássico contra o Corinthians, pelas semifinais da Libertadores. Apesar de difícil, o maestro avisa:

- Não é impossível jogar, tanto que estou tentando ao máximo me recuperar e chegar aos 100%, mas é complicado.

A puxada rotina de Ganso tem se resumido praticamente a uma palavra: fisioterapia. É só por meio dela que o camisa 10 poderá voltar para o duelo, que é definido pelo santista como a "final antecipada que ficará para a história". Quando não está trabalhando na sua recuperação, o meia usa o tempo para descansar e não forçar o joelho com deslocamentos, fator fundamental na reabilitação. Sereno, porém, ele sabe que a missão de atuar na próxima quarta não é nada fácil. Por isso mesmo, já dá uma dica a Muricy Ramalho e elege Léo como seu eventual substituto no primeiro jogo.

De longe, o camisa 10 tem acompanhado o desempenho da Seleção de Mano Menezes e gosta do que vê. Além das semifinais, a cabeça do jogador já pensa em julho, nos Jogos de Londres, momento mais esperado da sua carreira. O desejo é de ajudar o Brasil a conquistar o inédito ouro.

Para alcançar o feito, o meia espera contar com a ajuda do "irmãozinho" Neymar. Ganso define sua dupla com o craque como fantástica, mas diz não ter o desejo de ganhar o mesmo que o popstar da Vila. Ficar no Santos e renovar, aliás, são o desejo do jogador, que almeja um salário melhor no Peixe.

Fonte: GloboEsporte