Gilberto Silva fala em encerrar carreira no Atlético-MG ou América-MG

Volante Gilberto Silva manifesta vontade de voltar ao Brasil, em entrevista a site da torcida atleticana

Com mais um ano de contrato com o Panathinaikos da Grécia, o volante da seleção brasileira, Gilberto Silva disse que pretende retornar ao futebol brasileiro, mais especificamente, a Minas Gerais, quando encerrar seu vínculo com a equipe grega.

?Eu tenho pensado seriamente em retornar ao Brasil, jogar de repente mais um ano, dois, aí no Brasil. Mas vamos aguardar encerrar meu vínculo com o Panathinaikos?, disse Gilberto Silva, em entrevista ao GaloCast. O time do jogador brasileiro foi campeão grego com antecedência.

O GaloCast é uma rádio on line produzida por torcedores do Atlético-MG, onde eles comentam sobre notícias e assuntos relacionados ao clube mineiro. A rádio já entrevistou, o atacante Marques e o técnico da categoria de base do clube, Rogério Micale, entre outros personagens.

O volante da seleção destaca que gostaria de encerrar a sua carreira vestindo a camisa do América-MG, clube que o formou em 1997 ou do Atlético-MG, time que o jogador defendeu e no qual se destacou, antes de se transferir para o Arsenal, da Inglaterra, em 2002, após a Copa do Mundo.

?Joguei no Brasil, foi no América onde eu comecei, tenho um carinho e gratidão, o Atlético foi onde eu me despontei para a seleção e para o mundo, tenho uma grande gratidão, tem um carinho enorme meu, da torcida?, comentou Gilberto Silva.

?Se for para voltar para o Brasil eu gostaria de voltar para Minas, para um dos dois clubes, mas ainda não sei?, destacou Gilberto Silva. ?A principio meu pensamento é terminar o meu contrato com o clube e vamos ver o que acontecerá depois disso?, finalizou.

Peça importante na seleção brasileira, onde é titular, Gilberto Silva, que disputará a sua terceira Copa do Mundo, destaca o trabalho feito pelo técnico Dunga. O volante vê semelhanças entre o atual treinador e Luis Felipe Scolari, com quem foi Campeão Mundial em 2002.

?Algumas coisas são parecidas, aquele jeitão explosivo, até mesmo durante a partida, mas ao mesmo tempo acolhedor, quando tem de defender o grupo defende, como o Felipão, é amigo de todos, é claro na forma de falar, então tem estas particularidades que vejo que é bem parecido com o Felipão?, observou Gilberto Silva.

Fonte: UOL