Em seis gols, Goiás empata na Vila

Goiás conseguiu reagir e arrancou um empate por 3 a 3 com o Santos

Atrás no placar durante todo o confronto na Vila Belmiro, neste domingo, o Goiás conseguiu reagir e arrancou um empate por 3 a 3 com o Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe da casa vencia até os 42min do segundo tempo, mas levou um gol de Rafael Tolói, que garantiu um ponto ao clube alviverde fora de casa.

Mesmo sem a vitória, na primeira rodada, a equipe paulista conseguiu um importante resultado diante do Grêmio. Atuando no Estádio Olímpico, a equipe alvinegra empatou com os gaúchos por 1 a 1 e conquistou seu primeiro ponto na competição. Agora, a equipe chega aos dois pontos, assim como o Goiás.

Para este confronto, o técnico Vágner Mancini não pôde contar com o lateral-esquerdo Triguinho, que ficará um mês afastado, por conta de uma lesão por estresse no pé direito. Léo, titular da posição, ainda se recupera de uma contusão no joelho e está fora. Com isso, Pará foi o escolhido para posição. Em compensação, o comandante alvinegro teve os retornos de Fábio Costa e o próprio Rodrigo Souto, recuperado de um estiramento no músculo adutor da coxa direita.

Pelo lado do Goiás, o lado positivo é o retrospecto de Hélio dos Anjos diante do Santos. Na Vila Belmiro, o treinador jamais perdeu. Em sua estréia pelo Goiás, em 1995, o comandante enfrentou o adversário no confronto que terminou empatado por 1 a 1. Em 1999, pela Copa do Brasil, a virada dos goianos sobre o Santos, 4 a 3, desclassificou o time da Vila Belmiro. No ano passado, nova vitória do Goiás, desta vez por 4 a 0.

De volta ao confronto deste domingo, o Santos começou com tudo e aos 11min a partida já estava 2 a 0 para o time da casa. No primeiro gol, Luizinho chutou forte da direita e Kléber Pereira, em posição irregular, completou para o fundo das redes. Três minutos mais tarde, Neymar cobrou escanteio e Rodrigo Souto fez de cabeça. Ainda no primeiro tempo, o Goiás diminuiu com Iarley, após cobrança de escanteio.

Já na segunda etapa, Neymar cobrou falta e, mais uma vez, Rodrigo Souto apareceu de cabeça para completar. Aos 16min, o time alviverde voltou a diminuir, desta vez com Ramalho, depois de passe de Iarley. O Goiás continuou pressionando e obteve resultado aos 42min, com Tolói, arrancando um ponto para o time visitante.

Fonte: Terra, www.terra.com.br