Goleiro é expulso de jogo e salva vida de um torcedor com ataque cardíaco

Ao ouvir as vaias da torcida nas bancadas e caminhar para o vestiário, ouviu de uma moça que um torcedor havia morrido.

Se você está familiarizado com o chavão de que o futebol pode transformar vilões em heróis num curto espaço de tempo, talvez deva ler essa história aqui, que fortalece ainda mais a expressão.



Na Inglaterra, num jogo perdido do que seria equivalente a sétima divisão local, um goleiro superou todos os limites ao ser expulso de campo e salvar uma vida na arquibancada.

Sim, isso mesmo que você leu. Olha só que coisa: Ben Scott, de 29 anos, é goleiro do Stocksbridge Park Steels e enfrentou o King´s Lynn Town no sábado. Ele deu um carrinho violento num atacante rival e acabou indo embora mais cedo de campo. Só que?

Acontece que Ben ganha a sua vida como enfermeiro, jogando apenas nas horas vagas. Ao ouvir as vaias da torcida nas bancadas e caminhar para o vestiário, ouviu de uma moça que um torcedor havia morrido. Imediatamente ele correu até onde estava o homem, de cerca de 70 anos. Ele sofreu um ataque cardíaco e estava nas últimas quando o goleirão providenciou um desfibrilador e salvou a vida do senhor, que logo depois foi levado a um hospital da região e já se recupera em casa.

De acordo com o próprio goleiro, as coisas aconteceram nesta ordem: ?Tudo começou quando saí do campo e claro, ouvindo aqueles xingamentos dos adversários. De repente ouvi alguém passar por mim. Era uma moça que estava aflita dizendo que algum senhor tinha morrido. A acompanhei até onde estava este senhor e detectei que ele estava com arritmia, pouco antes do ataque. Chamamos depressa a ambulância para retirá-lo do meio da multidão e usamos o desfibrilador para que ele resistisse. Foi um tremendo trabalho em grupo para dar a aquele senhor mais uma chance de lutar pela sua vida?, conta Ben.

Já estamos no aguardo de um filme sobre esta história, estrelado por Mel Gibson e James Caan. Certamente fará muito sucesso em Hollywood.

Fonte: UOL