Goleiro Marcos diz que ""inveja"" Ceni e sonha com gol

O goleiro Marcos disse que se sente totalmente realizado como jogador

Um dia depois de atingir a hist?rica marca de 400 jogos com a camisa do Palmeiras, o goleiro Marcos disse que se sente totalmente realizado como jogador, mas ainda sonha em anotar o seu primeiro gol como profissional, a exemplo do que se acostumou a ver com o rival s?o-paulino Rog?rio Ceni.

Em entrevista ao Sportv, o camisa 12 alviverde lembrou de momentos que o consagraram no futebol, como o pentacampeonato mundial com a Sele??o Brasileira, em 2002, e o t?tulo da Libertadores da Am?rica, em 1999, pelo Palmeiras. No entanto, em bom humor, o arqueiro disse que "inveja" a habilidade de Ceni com a bola nos p?s.

"Gostaria de ter a habilidade do Rog?rio", disse Marcos. "Quando a bola vem para mim, eu fico cego. Mas tem que ver que s? o Rog?rio ? assim. Outros grandes goleiros do mundo, como o Peter Cech (Chelsea), o Buffon (Juventus), o Van der Sar (Manchester United), n?o t?m essa habilidade tamb?m", completou.

"Ele (Rog?rio) joga como um jogador de linha e, inclusive, come?ou jogando na linha. Outros brasileiros tamb?m sabem sair jogando com os p?s, como o J?lio C?sar (Inter de Mil?o), que ? muito habilidoso, assim como o Gomes (PSV), que no come?o era grosso como eu, mas depois melhorou", brincou o palmeirense.

Principal ?dolo do atual elenco alviverde, o arqueiro s? diz que se sente mais aliviado quando ? comparado ao desempenho do ex-corintiano Dida (hoje no Milan) com os p?s. "Eu sou do mesmo n?vel do Dida. A diferen?a ? que ele ? canhoto e eu sou destro", disse Marcos, antes de cair em risadas.

Depois de lembrar defesas memor?veis pelo clube do Palestra It?lia, como o p?nalti cobrado por Marcelinho Carioca na semifinal da Libertadores da Am?rica de 2000, o palmeirense admitiu que ainda gostaria de marcar o seu primeiro gol antes de se despedir dos gramados. No entanto, Marcos n?o acredita que seja f?cil a miss?o de balan?ar as redes.

"Tenho vontade de fazer um gol um dia, mas acho que nao vai dar n?o", afirmou o goleiro, que confessou que esteve perto da primeira chance na ?ltima quarta-feira, contra o Vasco, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, no Palestra It?lia. Na ocasi?o, o Palmeiras venceu por 3 a 0 e garantiu vaga nas oitavas, escapando tamb?m da decis?o por p?naltis, caso o time carioca marcasse um gol no duelo.

Um dos poucos titulares da equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo que esteve em campo, Marcos disse que j? se preparava para uma poss?vel cobran?a, mesmo que j? sofresse com o nervosismo por antecipa??o. "J? tava sentindo um friozinho na barriga no final do jogo", disse o camisa 12, que admitiu que treina p?naltis na Academia de Futebol e tem um aproveitamento que ? "at? bom".

No entanto, o ?dolo palmeirense descartou bater um p?nalti somente para realizar o sonho e disse que s? faria a cobran?a caso fosse realmente necess?ria para a equipe. "Acho que seria sacanear o outro goleiro. O Rog?rio nao sacaneia porque ele bate sempre, ? o batedor oficial e chuta at? quando o S?o Paulo est? perdendo. Mas se eu bater, j? acho que ? sacanagem com o advers?rio", disse.

Fonte: Terra, www.terra.com.br