Grêmio bate a Chapecoense e volta a vencer

O Grêmio teve a chance de ampliar em diversas oportunidades

Grêmio marcou em sua primeira chance clara de gol, aos 10 minutos, logo após Biteco quase abrir o placar para os visitantes, mas parar nas luvas de Grohe. Do outro lado, Pedro Rocha não perdoou: Walace abriu pela esquerda, cruzou rasteiro e assistiu ao atacante bater de canhota e de primeira para vencer Danilo.

Apesar de ter mais posse de bola na etapa inicial, o time catarinense teve apenas uma chance de marcar novamente, e Lourency furou quando não podia. Bola sobrou no meio da área, entre os zagueiros, mas o jovem chapecoense errou a finalização de frente para o goleiro tricolor. E o Grêmio começou a montar a estratégia que manteria até o fim do jogo: contragolpes rápidos e boas chances com os três atacantes.

Grêmio bate a Chapecoense e volta a vencer  (Crédito: Reprodução)
Grêmio bate a Chapecoense e volta a vencer (Crédito: Reprodução)


No intervalo, Caio Júnior trocou Arthur Maia por Aílton Canela, mas o domínio territorial de seu time seguiu no mesmo embalo. O time de Renato manteve a postura de especular nos contra-ataques. E assim Henrique Almeida obrigou boa defesa de Danilo em chute cruzado aos 11 minutos. A resposta da Chape veio aos 20. Gimenez cruzou da direita, mas Canela cabeceou por cima.

Aos 22, Cleber Santana cobrou falta fechada da esquerda, e Rafael Lima desviou na primeira trave. A bola foi na rede pelo lado de fora. E a pressão seguiu em cabeçada de Kempes três minutos depois, que passou rente à trave direita de Marcelo Grohe.

O Grêmio teve a chance de ampliar em diversas oportunidades. As principais aos 38 com Luan e aos 42, com Guilherme, à vontade para finalizar pela direita, mas sem prcisão no chute. Apesar dos erros, os gaúchos comemoram o reencontro com a vitória após sete jogos e três derrotas seguidas.

Depois de sete jogos de jejum, o Grêmio voltou a vencer na tarde deste domingo, diante da Chapecoense, pela 27ª rodada do Brasileirão. Pedro Rocha marcou o único gol da partida que faz o time de Renato subir três posições na tabela. Com a derrota em Porto Alegre, a Chape acaba com uma invencibilidade de cinco jogos (quatro no Brasileiro e um na Sul-Americana).

Fonte: GE