Grêmio faz 2, bate o Flu e encara Santos

O Grêmio começou assustando logo aos 5min, com Jonas cabeceando para fora cruzamento de Mário Fernandes

A missão do Grêmio no Estádio Olímpico, nesta quarta-feira, foi cumprida sem sustos. A equipe gaúcha podia até perder por 1 a 0 ou 2 a 1 para o Fluminense - venceu o primeiro jogo, no Maracanã, por 3 a 2 - mas dominou a partida, fez 2 a 0 e garantiu passagem para a semifinal da Copa do Brasil. O adversário será o Santos, que eliminou o Atlético-MG.

O Grêmio começou assustando logo aos 5min, com Jonas cabeceando para fora cruzamento de Mário Fernandes - que voltou a jogar na lateral direita e teve boa atuação no primeiro tempo. Aos 9min, o Fluminense respondeu com chute colocado de Conca, bem defendido por Victor. Os cariocas subiam a marcação e dificultavam a saída de bola do time da casa.

Em jogo de muita pegada no meio de campo, os gaúchos só voltaram a ameaçar aos 31min, com Douglas, que chutou da entrada da área, para fora. Precisando marcar dois gols, a equipe de Muricy Ramalho - armada com três atacantes - se lançou ao ataque e chegou com bons chutes de Wellington Silva e Marquinho, mas o primeiro tempo acabou com o zero no placar.

Silas voltou do intervalo com duas alterações no Grêmio: Joílson e Leandro nos lugares de Mário Fernandes e Borges. Os anfitriões melhoraram com as mexidas e chegaram ao primeiro gol aos 16min: Jonas ajeitou para a entrada da área, Hugo soltou uma bomba e o goleiro Rafael não segurou.

Perdendo por 1 a 0, o Fluminense passou a precisar de três gols. E quase fez dois aos 17min e aos 18min: no primeiro lance, Conca deixou Marquinho na cara do gol, mas o lateral chutou fraco e Victor agarrou; no segundo, chute forte de André Lima, também bem defendido pelo camisa 1 gremista.

A equipe gaúcha respondeu com mais um gol. Aos 22min, após bola alçada na área do Fluminense, Rafael Marques cabeceou para a segunda trave, onde Jonas apareceu livre para completar para o gol vazio. Hugo quase fez o terceiro aos 25min, quando avançou sozinho pela esquerda e chutou forte, para ótima defesa de Rafael.

Jonas chegou perto de marcar novamente aos 32min, mas Rafael defendeu a finalização do atacante, que foi substituído pelo jovem Bérgson pouco depois. Sem maiores sustos, o Grêmio só esperou o apito final para assegurar a classificação.



FICHA TÉCNICA

Grêmio 2 x 0 Fluminense

Gols

Grêmio: Hugo, aos 16min, e Jonas, aos 22min do 2º tempo

Ponto Forte do Grêmio

Domínio da posse de bola no segundo tempo, sem brechas ao Fluminense

Ponto Forte do Fluminense

Marcação forte no início do jogo, travando a saída de bola gremista

Ponto Fraco do Grêmio

Erros de finalização, que impediram um placar mais dilatado

Ponto Fraco do Fluminense

Falta de poder ofensivo e organização no meio de campo. O time não teve forças para reverter o placar em nenhum momento do jogo

Personagem do jogo

Jonas, novamente decisivo para o Grêmio, com um gol e uma assistência

Lance polêmico

Pênalti não marcado em cima de Neuton, aos 26min do segundo tempo

Esquema Tático do Grêmio

4-4-2

Victor; Mário Fernandes (Joílson), Rafael Marques, Ozéia e Neuton; Adílson, Fábio Rochemback, Hugo e Douglas; Jonas (Bérgson) e Borges (Leandro). Técnico: Silas

Esquema Tático do Fluminense

4-3-3

Rafael; Thiaguinho, Gum, Digão e Marquinho (Equi González); Diguinho, Everton e Conca; Wellington Silva (Willians), André Lima e Adeílson (Júlio César). Técnico: Muricy Ramalho

Cartões amarelos

Grêmio: Neuton, Fábio Rochemback e Rafael Marques

Fluminense: Marquinho, Diguinho e Gum

Árbitro

Heber Roberto Lopes (PR)

Local

Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra, www.terra.com.br