Grêmio para em goleiro do Bahia e vê Cruzeiro mais longe na tabela: 0 a 0

O Grêmio volta a campo na quarta-feira para decidir vaga na final da Copa do Brasil contra o Atlético-PR – na partida de ida

A atuação inspirada do goleiro Marcelo Lomba decretou, na tarde deste domingo, o empate por 0 a 0 entre Grêmio e Bahia, em Porto Alegre. O camisa 1 do time nordestino fez diversas defesas difíceis, garantindo resultado que mantém os baianos sob ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e deixa os gremistas ainda mais longe do Cruzeiro, líder da competição.

Isso porque o time mineiro venceu o Santos por 1 a 0 na Vila Belmiro e chegou aos 68 pontos, 14 à frente do Grêmio, que soma 54. A equipe gaúcha pelo menos assumiu a vice-liderança do Brasileiro, ajudado pelo Goiás, que fez 1 a 0 no Botafogo ? os cariocas têm 53 pontos. Já o Bahia tem 38 pontos, no 15º lugar, com apenas dois de distância para o Vasco, 17º e primeiro a aparecer na zona de rebaixamento.

O Grêmio volta a campo na quarta-feira para decidir vaga na final da Copa do Brasil contra o Atlético-PR ? na partida de ida, em Curitiba, perdeu por 1 a 0. O jogo está marcado para as 21h50 (de Brasília), na Arena, em Porto Alegre. Pelo Brasileiro, pega o líder Cruzeiro no domingo, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte. Já o Bahia joga sábado contra o Atlético-MG, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O confronto na Arena em Porto Alegre praticamente se resumiu às tentativas infrutíferas do Grêmio de balançar as redes contra o Bahia. O time visitante pouco conseguiu criar e sofreu para segurar o anfitrião. O grande nome foi Marcelo Lomba, goleiro que começou sua saga defendendo cobrança de falta de Vargas com direito a desvio da barreira aos 12min de confronto.

Aos 13min, Ramiro cruzou da direita, Kleber desviou de cabeça, e Marcelo Lomba espalmou à esquerda do gol. Aos 20min, o goleiro dividiu com Rhodolfo e evitou o gol gremista. Pouco depois, aos 24min, Alex Telles cruzou da esquerda, e Souza cabeceou para baixo, com firmeza, mas Lomba se esticou para desviar e mandar a bola por cima do travessão. Ainda aos 45min, Riveros chutou cruzado após bate-rebate, mas o camisa 1 salvou.

No segundo tempo, a pressão gremista se intensificou ainda mais. Aos 6min, Barcos recebeu na área, se livrou da marcação de Lucas Fonseca e bateu para o gol, mas Marcelo Lomba defendeu. Aos 10min, Barcos novamente dominou dentro da área e finalizou, mas a bola tocou na trave esquerda. Aos 11min, foi a vez de Vargas tentar bater da intermediária para outra boa intervenção de Lomba.

O Grêmio, no entanto, não conseguiu manter a pressão durante todo o tempo: aliviou-a no decorrer da etapa final e deu chances ao Bahia para sair para o ataque, embora sem qualquer perigo para o gol de Dida. A equipe tentou retomar o sufoco nos minutos finais, mas o Bahia se fechou bem e garantiu o ponto conquistado fora de casa.

Fonte: Terra