Guarani derrota o Palmeiras, quebra jejum e volta à semi

Guarani derrota o Palmeiras, quebra jejum e volta à semi

Os gols do Guarani foram marcados por Fumagalli e Fabinho, este duas vezes

O Guarani confirmou sua fama de equipe forte atuando em casa neste domingo, em duelo contra o favorito Palmeiras válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Jogando no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, o time do interior venceu o rival da capital por 3 a 2, se classificou à semi da competição estadual e fará o dérbi local contra sua arquirrival, a Ponte Preta, em embate que deve parar a cidade de Campinas.

Os gols do Guarani foram marcados por Fumagalli e Fabinho, este duas vezes, enquanto Marcos Assunção e Henrique descontaram para o Palmeiras. O resultado credenciou o time campineiro a fazer um surpreendente clássico contra seu maior adversário, a Ponte, que eliminou o Corinthians neste domingo em pleno Pacaembu e também alcançou a semifinal. Santos e São Paulo disputarão a outra vaga na decisão.

O Palmeiras, por sua vez, volta suas atenções às atuações na Copa do Brasil, competição que está nas oitavas de final e enfrentará o Paraná Clube em duas partidas. O primeiro duelo acontece já nesta quarta-feira, na Vila Capanema, em Curitiba. Além disso, a equipe estreia pelo Campeonato Brasileiro apenas no dia 19 de maio, contra a Portuguesa.

Primeiro tempo truncado em Campinas

Inspirado pela sua torcida, que compareceu em peso ao Brinco de Ouro da Princesa para empurrar a equipe rumo à semifinal, principalmente porque a arquirrival Ponte Preta se classificou, o Guarani entrou em campo embalado e com postura ofensiva desde o início.

Com oito vitórias em nove partidas realizadas em seu estádio no Campeonato Paulista, a equipe campineira quase abriu o placar ainda no começo do confronto. Fabinho perdeu a primeira chance ao receber dentro da área e, com espaço, errar o cabeceio.

O Palmeiras respondeu em seguida e passou a dominar a posse de bola no meio de campo. Após erro de Bruno Recife pela esquerda, Márcio Araújo fica com a bola e consegue a falta. Na cobrança, Marcos Assunção finaliza com perigo e Emerson faz a defesa.

Em outra jogada arriscada de seu ataque, o Palmeiras quase abriu o placar com João Vitor. O jogador avançou e buscou o cruzamento, Emerson desviou e Barcos chutou na sobra, mas Oziel conseguiu o corte de cabeça e salvou.

No fim do primeiro tempo, a equipe alviverde da capital ainda teve mais duas boas chances. Primeiro com Cicinho, que arrancou, acionou Barcos pelo lado direito da área e viu o argentino chutar para defesa de Emerson. Depois, Domingos falhou e Neto travou Barcos dentro da área. Na sobra, Luan chuta e Emerson, em tarde inspirada, salvou de novo.

Guarani marca, segura vantagem e fará clássico

O segundo tempo começou eletrizante no Brinco de Ouro. Logo aos 5min, o Guarani fez a alegria de sua torcida ao tirar o zero do placar em um belo tento de Fumagalli. O meia cobrou escanteio fechado, a bola bateu na trave e entrou: um gol olímpico do time campineiro.

Na sequência, o clube da casa se empolgou e acuou o Palmeiras. Primeiro, o mesmo Fumagalli levantou e Danilo Sacramento, na pequena área, bateu de primeira, mas para fora. Em seguida, Oziel acelerou pela direita, entrou na área, batee cruzado e Fabinho dobrou a vantagem.

Mesmo com dois a zero para o time rival no placar, os palmeirenses não se intimidaram e foram em busca do empate. Logo aos 9min, no lance seguinte ao segundo tento do Guarani, Luan invadiu a área pela esquerda em boa jogada, chutou cruzado, Emerson espalmou e Marcos Assunção descontou.

A partir daí o duelo ganhou ares dramáticos. O Guarani, com a confiança elevada pela vitória parcial, não quis saber de se defender e se lançou ao ataque. Fumagalli avançou pela direita e cruzou para Danilo Sacramento, aos 13min, que por pouco não encostou e empurrou para o gol. O Palmeiras respondeu com Marcos Assunção chutou em cobrança de falta da entrada da área, mas a bola saiu por cima.

E, como quem não faz toma, o Guarani chegou ao terceiro gol aos 45min, com Fabinho, após cruzamento de Bruno, em gol que rendeu a classificação, já que Henrique diminuiu na sequência para o Palmeiras. Campinas deve parar no próximo fim de semana, portanto, com a realização do clássico local que renderá ao vencedor vaga na decisão do Campeonato Paulista.

GUARANI 3 x 2 PALMEIRAS

Gols

GUARANI:

Fumagalli, aos 5min, e Fabinho, aos 8min do segundo tempo, e Fabinho, aos 45min do segundo tempo

PALMEIRAS:

Marcos Assunção, aos 9min do segundo tempo, e Henrique, aos 48min do segundo tempo

GUARANI: Emerson; Oziel, Domingos, Neto e Bruno Recife; William Favoni (Ewerton Páscoa), Fabio Bahia, Danilo Sacramento e Fumagalli; Bruno Mendes (Bruno Peres) e Fabinho

Treinador: Vadão

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Henrique, Maurício Ramos e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor (Valdivia) e Daniel Carvalho (Fernandão); Luan (Patrik) e Barcos

Treinador: Luis Felipe Scolari

Cartões amarelos

GUARANI: Bruno Recife e William Favoni

PALMEIRAS: Maurício Ramos, Fernandão, Márcio Araújo, João Vitor e Barcos

Árbitro

Vinicius Furlan

Local

Estádio Brinco de Ouro da Princesa

Fonte: Terra