Guarani derrota Portuguesa por 1 a 0 e segue vivo na Série C; saiba

A 1ª boa chance no Brinco de Ouro da Princesa surgiu aos 8 minutos

Image title

O Guarani conquistou resultado importante para suas pretensões na temporada. Na noite desta segunda-feira, o Bugre foi eficiente e venceu a Portuguesa por 1 a 0, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em confronto direto do Grupo B, válido pela 16ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Allan Dias balançou as redes de cabeça e garantiu a continuação do Alviverde na luta por uma vaga nas quartas de final. Com o resultado, o time campineiro permaneceu na sexta colocação, mas agora com 23 pontos, dois a menos que o Juventude, em quarto lugar.

A Lusa, por sua vez, se manteve na quinta posição, com 24 somados.Pela 17ª rodada, o Guarani tem compromisso marcado com o Brasil de Pelotas no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), no estádio Bento de Freitas. Já a Portuguesa visita o Caxias às 11 horas (de Brasília) do domingo, no Centenário.

O jogo – A primeira boa chance no Brinco de Ouro da Princesa surgiu aos oito minutos, sendo protagonizada pelo Bugre. Após falha da zaga adversária, Gladstone cabeceou e quase abriu o placar. Pouco depois, foi a vez de Rai ficar com sobra e chutar tirando tinta da trave.Com a superioridade alviverde, a Lusa estava acuada e conseguiu levar perigo real apenas com 31 marcados no relógio.

Em contra-ataque, Guilherme Queiroz ficou com a bola e finalizou, mas para fora.Como já era esperado, o Guarani foi quem inaugurou o marcador. Com 33 jogados, João Vittor cobrou falta alçando bola na área, e Allan Dias subiu mais alto que a zaga para balançar as redes em Campinas.Dois minutos depois, a Portuguesa desperdiçou ótima chance de empatar com desvio de Hugo para fora. Aos 37, os donos da casa assustaram com cabeceio de João Vittor que parou no goleiro Anderson.Os visitantes levaram perigo novamente aos 43.

Image title


Paulinho escapou da marcação e bateu forte, mas o arqueiro Pegorari, no centro do gol, espalmou para escanteio. Aos 44 minutos, o Guarani quase marcou o segundo. Watson chutou de pé esquerdo no ângulo da meta rival, e Anderson executou boa defesa.No segundo tempo, foi a Portuguesa quem ameaçou primeiro, em cabeceio de Hugo sobre o travessão aos dois minutos.

O Guarani respondeu aos nove. Watson tabelou com Fumagalli, fez boa jogada e bateu, mas a bola explodiu na marcação e saiu para escanteio.A equipe da capital paulista quase conseguiu o empate aos 16, com Paulinho, de cabeça. Porém, Pegorari espalmou para longe. Três minutos depois, os campineiros perderam boa chance de ampliar. Oziel acelerou pela direita e fez cruzamento preciso. Livre, Fumagalli desviou, mas Anderson ficou com a bola sem dificuldades.Com o passar do tempo, o jogo começou a ficar menos intenso e emocionante. O Guarani continuava superior, e a Portuguesa tentava pressionar. Porém, não teve sucesso, e o placar permaneceu inalterado até o apito final.

Fonte: Terra