Hamilton voa e crava pole no fim do treino, Barrichello sai atrás de Vettel em Abu Dhabi

Mark Webber, companheiro de Sebastian Vettel na RBR, ficou na terceira posição e pode ajudar o parceiro na briga pelo vice-campeonato em Abu Dhabi

Com uma volta espetacular no minuto final da superpole, Lewis Hamilton vai largar na pole position do GP dos Emirados Árabes, última etapa da temporada 2009 da Fórmula 1. O inglês colocou seis décimos em cima de Sebastian Vettel, da RBR, que ficou na segunda posição. Na briga pelo vice-campeonato, o alemão ficou duas posições à frente de Rubens Barrichello, da Brawn GP, que larga em quarto.

Mark Webber, companheiro de Sebastian Vettel na RBR, ficou na terceira posição e pode ajudar o parceiro na briga pelo vice-campeonato em Abu Dhabi. Jenson Button, campeão da temporada 2009 com uma corrida de antecipação, marcou o quinto tempo com a Brawn GP. Jarno Trulli, da Toyota, larga na sexta posição neste domingo.

- É claro que não foi uma posição satisfatória para um campeão do mundo. Apesar disso, o treino classificatório foi muito bom. O carro estava muito bem. Mas tive muitas vibrações no chassi na superpole. Todas as vezes que eu tocava na zebra, o volante tremia. Estava muito estranho. Espero que possamos resolver isso para a corrida - diz Button, após o treino classificatório.

Robert Kubica, da BMW Sauber, marcou o sétimo tempo, uma posição à frente do companheiro Nick Heidfeld. A equipe alemã se despede da Fórmula 1 nesta corrida e precisa de um bom resultado para encerrar bem sua passagem pela categoria. Nico Rosberg, em sua despedida da Williams, larga em nono, e Sebastien Buemi, da STR, completa a lista dos dez primeiros colocados em Abu Dhabi.

Finlandeses caem fora do treino na segunda parte

Na segunda parte do treino (Q2), Kimi Raikkonen, da Ferrri, não conseguiu passar à superpole. O finlandês foi superado por Nico Rosberg, da Williams, na última volta do Q2, mesmo com um erro do alemão. O campeão de 2007 vai largar apenas em 11º, uma posição à frente da revelação Kamui Kobayashi, da Toyota.

Heikki Kovalainen, melhor de sexta-feira, também ficou fora no Q2. O finlandês da McLaren teve problemas em seu carro e acabou parando em uma das áreas de escape. Ele vai largar apenas na 13ª posição, enquanto Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe, avançou à superpole.

Dupla da Renault é eliminada na primeira parte

A Renault não conseguiu se acertar no novo circuito de Abu Dhabi. A equipe francesa teve seus dois carros eliminados ainda na primeira parte do treino classificatório (Q1). Fernando Alonso, bicampeão mundial, conseguiu apenas o 16º tempo. Já Romain Grosjean, criticado por seu fraco desempenho na temporada, ficou em penúltimo.

- Espero que neste domingo possamos fazer uma boa corrida, com várias ultrapassagens. O circuito é muito largo e deve ter lugares para a gente superar os adversários - diz Alonso.

Giancarlo Fisichella ficou apenas na última posição com sua Ferrari. O italiano não conseguiu andar bem nas corridas que fez pela equipe italiana e deve encerrar sua passagem como titular do time de forma melancólica. Ele culpou a falta de aderência na parte final do circuito de Abu Dhabi pelo mau resultado.

- Foi uma situação difícil tentar marcar um tempo sem aderência. Estava apenas um décimo mais lento que Kimi até o último setor da pista, mas ele saía muito de traseira neste trecho e não funcionava bem. Infelizmente, não consegui avançar - diz Fisichella.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com