Em jejum a 16 meses, Adriano quer marcar contra o Atlético-GO

Nesta sexta-feira, Adriano deve conceder a sua primeira entrevista coletiva desde 31 de março.

A estreia de Adriano pelo Corinthians se aproxima. O Imperador tem treinado normalmente durante a semana, fica no campo até o fim das atividades, brinca com os companheiros e só aguarda o anúncio oficial de Tite para reforçar o banco de reservas domingo, no duelo com o Atlético-GO, no Pacaembu, às 18h.



A tendência é que o centroavante de 29 anos atue durante os 20 ou 25 minutos finais da partida, válida pela 28ª rodada do Brasileiro.

O tempo é curto para ele marcar o seu primeiro gol com a camisa 10 alvinegra, como planeja, e encerrar um jejum de mais de 16 meses sem balançar as redes durante um jogo oficial. Em compensação, o histórico de estreias de Adriano por outras equipes é animador.

?Quem sabe eu possa entrar no segundo tempo, fazer um golzinho. Sei que é difícil, respeitando sempre o time adversário, mas com certeza espero fazer um final de jogo muito feliz?, declarou à TV Corinthians.

Em 2001, aos 19 anos, a então promessa brasileira debutou pela Internazionale em um amistoso contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, e deixou sua marca logo de cara. Detalhe: fazia dois dias que ele estava no time italiano e participou de apenas seis minutos do jogo.

Em 2008, quando voltou ao Brasil para defender o São Paulo, Adriano estreou com dois gols, na vitória de virada sobre o Guaratinguetá. Um ano depois, quando retornou ao Flamengo, o Imperador também estufou a rede na sua primeira partida, no triunfo sobre o Atlético-PR, pelo Brasileiro.

Goleador nato e artilheiro do Brasileiro de 2009 (com 19 gols), o atacante carioca não marca um gol desde o dia 21 de maio de 2010, quando se despediu do Flamengo na vitória por 2 a 1 sobre o Universidade do Chile, pela Libertadores, resultado insuficiente para classificar seu time de coração.

De lá para cá, participou de apenas oito partidas pela Roma e deixou o time italiano sem um golzinho sequer. Chegou ao Corinthians em março e se machucou. Quase seis meses depois de uma grave ruptura do tendão calcâneo, segue fora de forma, mas tudo indica que estará em ação no fim de semana.

Nesta sexta-feira, Adriano deve conceder a sua primeira entrevista coletiva desde 31 de março, quando foi apresentado oficialmente como reforço do clube de Parque São Jorge. A expectativa é para que Tite anuncie a presença do jogador no banco diante do Atlético-GO.

Fonte: UOL