Inter e Flu empatam no Maracanã

Na próxima rodada, o Fluminense vai encarar o Goiás, no Serra Dourada

Em um jogo emocionante, Fluminense e Internacional empataram por 2 a 2, no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os gaúchos perderam uma ótima oportunidade de assumir a segunda colocação e colar no líder Palmeiras, que soma 54 pontos. Já o Fluminense seguiu na lanterna da competição e viu o Sport abrir dois pontos de vantagem.

Na próxima rodada, o Fluminense vai encarar o Goiás, no Serra Dourada. O Internacional pega o Grêmio, no Beira-Rio, no clássico gaúcho. As duas partidas vão acontecer no próximo domingo.

Colorado abre o marcador, mas Flu empata no fim da etapa inicial

O Fluminense começou melhor e teve duas chances logo nos primeiros minutos. Na primeira, aos 4, Alan dominou na entrada da área e chutou por cima do gol de Lauro. Na outra, dois minutos depois, o mesmo Alan, do mesmo local, arriscou novamente. Deste vez, a bola estourou no peito do camisa 1 colorado e sobrou na marca do pênalti. A defesa gaúcha afastou o perigo.

O Internacional assustou o Fluminense aos dez minutos. Digão falhou, e a bola sobrou para Sandro. O volante invadiu a área e chutou para ótima defesa de Rafael. Na sobra, Alecsandro tocou de leve na bola, e o goleiro voltou a salvar o Tricolor. Aos 12, não teve jeito. Daniel Henrique foi à linha de fundo e cruzou para Alecsandro na marca do pênalti. O camisa 9 bateu de chapa para abrir o marcador.

Aos 17, João Paulo cobrou um lateral para Fred. O atacante girou em cima de um zagueiro e chutou de fora da área. A bola passou por cima do gol de Lauro. O Colorado quase ampliou o marcador aos 23. Alecsandro encontrou Kleber livre na intermediária. O lateral rolou para D´Alessandro, já dentro da área. O argentino chutou, e a bola passou à esquerda de Rafael.

Com o forte calor que castigava os jogadores em campo, o árbitro Wallace Nascimento Valente decidiu paralisar a partida aos 30 minutos para os atletas se refrescarem. A partir daí, o jogo ficou truncado. Enquanto os gaúchos buscavam os contra-ataques, os cariocas só assustavam em lances de bola parada. E foi em uma falta pelo lado esquerdo que o Tricolor empatou. Aos 42, Conca cobrou na cabeça de Gum, que apenas testou para deslocar o goleiro Lauro: 1 a 1.

Segundo tempo

O Inter assustou o Fluminense logo com um minuto da etapa final. Glaydson cruzou da direita para Alecsandro, mas a zaga tricolor chegou antes e afastou o perigo. No minuto seguinte, Mariano recebeu ao lado da grande área e chutou. Lauro se esticou todo para evitar que a bola chegasse a Fred, que estava pronto para virar o jogo.

O mesmo Mariano teve outra ótima chance aos quatro minutos. Fred rolou para João Paulo do lado esquerdo da grande área. O jogador cruzou no pé de Mariano, que chegava pelo outro lado. O lateral-direito chutou de primeira, e a bola bateu na rede pelo lado de fora, acordando de vez os tricolores no Maracanã.

Irritado com a apatia do seu time, o técnico Mário Sérgio fez duas alterações. O treinador sacou Sandro e D´Alessandro e apostou nas entradas da Andrezinho e Marquinhos. E foi justamente com os dois atletas que o Internacional chegou ao seu segundo gol, aos 20. O ex-jogador do Flamengo fez um lançamento para Marquinhos na ponta esquerda. O jogador passou por um adversário e chutou da entrada da área para marcar.

O Fluminense teve uma ótima chance de empatar aos 24. Conca lançou para Fred dentro da área. O atacante dominou e tocou para Ruy, que chutou em cima de Lauro. E o time tricolor parou por aí. Com a torcida irritada pela atuação ruim e mais uma derrota se aproximando, os jogadores se mostraram nervosos em campo e chegavam ao gol colorado de forma desordenada.

Sem muito o que fazer, o técnico Cuca fez uma última aposta. O treinador sacou o atacante Fred, que deixou o campo vaiado, e colocou Adeílson. O time deu uma melhorada e chegou ao empate na base do desespero. Aos 41, Gum aproveitou um cruzamento da direita e tocou para o gol para marcar.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com