Inter vence o Chelsea por 2 a 1

Inter vence o Chelsea por 2 a 1

Em um jogo cheio de alternâncias, a Inter de Milão venceu o Chelsea por 2 a 1 nesta quarta-feira

O Inter de Milão esteve longe de ser brilhante, mas foi eficiente o bastante para sair em vantagem do jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando em casa, no Giuseppe Meazza, os italianos venceram o Chelsea por 2 a 1. Milito e Cambiasso marcaram para os anfitriões, com Kalou descontando.

Com o resultado, o Inter joga por um empate no jogo de volta, dia 16 de março, em Londres, para avançar à fase de quartas de final. Uma vitória por 1 a 0 garante a vaga ao Chelsea (gol fora de casa é critério de desempate).

Ainda com hematomas, Julio César é titular no gol do Inter

Julio César, ainda com o rosto machucado após o acidente automobilístico que sofreu no domingo, foi titular no gol do Inter. O time teve ainda em campo Maicon, Lúcio (grande atuação) e Thiago Motta. No lado do Chelsea, não houve brasileiros em campo.



O Inter de Milão saiu na frente ainda no primeiro lance de perigo da partida. Milito recebeu bola no lado esquerdo da área, cortou para o meio e bateu rasteiro. O gol fez o Giuseppe Meazza explodir.

O Chelsea, entretanto, não se abateu e dominou amplamente a primeira etapa. O time inglês chegou a ter 58% da posse de bola na etapa inicial e criou chances para empatar diante de um retraído Inter de Milão.

Enquanto os Blues tiveram em campo um trio ofensivo formado por Anelka, Drogba e Kalou, o Inter teve Eto"o e Milito no ataque, mas teve três volantes no meio (Cambiasso, Stankovic e Thiago Motta).

Em linda cobrança de falta, Drogba fez o travessão de Julio César balançar, aos 15 minutos. O goleiro brasileiro fez boa defesa em chute de Ballack, aos 18. Já perto do fim, os ingleses reclamaram de um pênalti de Samuel em Kalou. Mas a arbitragem nada marcou.

O primeiro tempo acabou mesmo com o Inter em vantagem, e as equipes voltaram para a etapa final sem alterações. O jogo começou em alta velocidade e o Chelsea chegou ao empate aos 6 minutos. Ivanovic avançou com liberdade pela direta e, ao chegar perto da área, rolou a bola para trás. Kalou veio na corrida e bateu de chapa. Julio César pulou atrasado e, apesar de ter tocado na bola, não conseguiu evitar o gol de empate.

A impressão chegou a ser de que os Blues se imporiam, mas o Inter de Milão respondeu com rapidez. Cambiasso foi ao ataque pelo lado esquerdo e soltou a bomba. A bola bateu na zaga e voltou para o próprio Cambiasso, que bateu pela segunda vez e correu para o abraço.

O técnico José Mourinho sacou então Thiago Motta e lançou o atacante Balotelli. A mexida fez o Inter avançar sua equipe e, desta forma, neutralizou boa parte das ações ofensivas do Chelsea. Julio César ainda se redimiu da falha no gol inglês ao fazer grande defesa em chute de Lampard.

Firmes na marcação, os italianos seguraram sua vantagem até o fim e garantiram a 37ª partida seguida sem derrota no estádio Giuseppe Meazza.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com