Internacional e São Paulo disputam vaga na final

Internacional e São Paulo disputam vaga na final

Equipes começam a decidir semifinal nesta quarta-feira (28), no Beira Rio, em Porto Alegre

Quatro anos depois, Internacional e São Paulo voltam a se enfrentar em uma Libertadores de América. Em 2006 foi na fase final e os gaúchos foram os vitoriosos. Desta vez, as equipes se medem na semifinal do torneio. Nesta quarta (28), no Beira Rio, acontece o jogo de ida.

A rivalidade entre os clubes é reforçada pela presença de vários jogadores que estiveram naquela final. Por parte do Inter, Índio, Bolivar, Rafael Sobis e Tinga comemoraram o título da América. Outros dois atletas, Fernandão e Jorge Wagner, foram campeões com o Colorado e agora jogam no São Paulo. Pelo Tricolor Paulista, Rogério Ceni, Richarlyson, Alex Silva e Ricardo Oliveira amargaram a derrota.

Na segunda-feira (26), Vitório Piffero, presidente do Internacional, jogou mais gasolina na fogueira ao dizer que os gaúchos preparam um inferno para o rival paulista. No clube do Morumbi, a declaração soou como música. Para Alex Silva, ela serve de incentivo.

- É bom que eles digam isso, é muito bom. Serve para motivar mais ainda a gente. Isso faz parte do futebol, mas não ganha jogo.

Carlos Augusto de Barros e Silva, vice-presidente de futebol do São Paulo, garantiu que a frase será usada contra os gaúchos.

- Vamos mostrar isso para os jogadores é bom que eles vejam. O que posso dizer é que o São Paulo já enfrentou vários infernos, está acostumado a isso.

O superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, corroborou as palavras.

- Um clube como o São Paulo já enfrentou infernos maiores.

Depois da declaração do presidente, o Colorado optou por tentar diminuir a temperatura e elogiou o rival. Fernando Carvalho, vice de futebol do clube, afirmou que o Inter não é favorito para a partida, embora venha fazendo uma ótima campanha no Brasileirão após a pausa da Copa (quatro vitórias em quatro jogos), enquanto o rival teve uma queda brusca (três derrotas e um empate).

- Isso [favoritismo do Inter] é conversa para boi dormir. O São Paulo é um grande time e que sabe encarar uma decisão.

O jogo

São Paulo e Inter estão praticamente escalados para a partida. No clube paulista a única dúvida é na defesa que pode ter a presença de Xandão ou Richarlyson. Ricardo Gomes escondeu o jogo e disse que só será divulgado o time minutos antes do jogo. No Inter há alguns mistérios, como a escalação de Rafael Sóbis. A tendência é que ele, assim como Ricardo Oliveira, novo reforço tricolor, comecem no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA

INTER X SÃO PAULO

Local: Beira Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 28 de julho de 2010 (quarta)

Horário: 21h50 (Brasília)

Árbitro: Héctor Baldassi (ARG)

Assistentes: Ricardo Casas e Héctor Maidana(ARG)

INTER: Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano (Andrezinho), D?Alessandro e Taison (Sobis); Alecsandro

Técnico: Celso Roth

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Miranda, Alex Silva e Xandão (Richarlyson); Jean, Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos e Junior Cesar; Dagoberto e Fernandão

Técnico: Ricardo Gomes

Fonte: R7, www.r7.com