Internacional empata e perde a liderança

Com o resultado, o time gaúcho soma agora 14 pontos, mesma pontuação do líder Atlético-MG

O Internacional não é mais líder do Campeonato Brasileiro, apesar de continuar invicto. Com um time formado basicamente por reservas, o Colorado ficou no 0 a 0 com o Vitória na noite deste domingo, no Beira-Rio, e caiu para o segundo lugar. O Rubro-Negro segue no G-4, agora na quarta posição.

Com o resultado, o time gaúcho soma agora 14 pontos, mesma pontuação do líder Atlético-MG. O Galo, porém, leva vantagem no saldo de gols (cinco contra dois). O Vitória soma dez pontos.

Os titulares do Inter voltam a atuar nesta quarta-feira. O time faz a primeira partida da final da Copa do Brasil contra o Corinthians, no Pacaembu, às 21h50m. Pelo Brasileiro, o Colorado enfrenta o Flamengo no domingo, 18h30m, no Maracanã. O Vitória também terá um carioca pela frente. A equipe rubro-negra recebe o Botafogo no Barradão, no sábado, às 18h30m.

Equilíbrio e poucas chances

Como era de se esperar em um confronto direto pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o jogo começou muito equilibrado. O Inter tinha mais posse de bola, mas o Vitória não se intimidou no Beira-Rio e também buscou o ataque.

O equilíbrio, no entanto, não se transformou em chances de gol. O primeiro lance de perigo do primeiro tempo aconteceu apenas aos 32 minutos. Vanderson pegou a bola rebatida por Danny Morais e soltou a bomba, acertando a trave de Michel Bastos.

O Inter demorou mais ainda para chegar bem, e o goleiro Viáfara fez sua primeira defesa apenas aos 39 minutos, depois que Talles Cunha fez boa jogada individual e chutou cruzado, da entrada da área. No último lance da etapa, o Colorado teve sua melhor chance, mas Rosinei errou o chute na pequena área, depois de receber passe de Giuliano.

Início do Vitória, fim do Inter e nada de gols

Parecia até que o jogo era em Salvador. Empurrado principalmente pelas descidas de Apodi pela direita, o Vitória voltou com tudo para o segundo tempo, dando trabalho para Michel Bastos. Aos seis minutos, o lateral cruzou, Roger ajeitou de calcanhar e Leandro Domingues soltou a bomba para grande defesa do goleiro colorado.

Vendo a situação complicada de seu time, Tite desistiu rapidamente de poupar seus principais atletas. Taison e Andrezinho substituíram Talles Cunha e Rosinei. A mudança deu certo, e foi o Colorado quem passou a pressionar.

Saiu do pé de Andrezinho o lance de maior perigo para os donos da casa na segunda etapa, ainda que sem querer. O meia cobrou falta, Bolívar não conseguiu desviar e Viáfara espalmou a bola no susto. Mas o Vitória, que ainda teve o volante Uelliton expulso aos 45 minutos, conseguiu segurar o ímpeto gaúcho e garantir o empate sem gols.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com