Jogador acusado de estupro é transferido para presídio superlotado

Jobson também é suspeito de um quinto caso de estupro.

O jogador Jobson de Oliveira deixou a carceragem de Conceição do Araguaia, no sul do Pará, na manhã deste sábado (25) e foi transferido para o presídio de Marabá. Ele chegou ao município por volta das 13h30. Jobson vai ficar custodiado no presídio até sua audiência com a Justiça. O atleta foi preso na última quinta-feira (23), por determinação da justiça, suspeito do crime de estupro contra quatro adolescentes.

Jobson também é suspeito de um quinto caso de estupro, que ainda está sendo investigado pela polícia. Ao ser preso, o atleta não ofereceu resistência e foi levado em uma viatura policial até a delegacia de Conceição do Araguaia.

Segundo nota divulgada pela assessoria da Polícia Civil do Pará, o inquérito policial foi instaurado há uma semana, depois que uma das vítimas, uma garota de 13 anos, denunciou que fotos suas em situações pornográficas estavam circulando em grupos de rede social. Ainda segundo a vítima, o jogador teria aliciado a menor em Conceição do Araguaia para levá-la até sua chácara, no Tocantins, junto com outras três adolescentes. Lá, as vítimas teriam sido embriagadas e entorpecidas para, em seguida, serem abusadas sexualmente.

Jogador preso acusado de estupro (Crédito: Reprodução)
Jogador preso acusado de estupro (Crédito: Reprodução)
Jogador preso acusado de estupro (Crédito: Reprodução)
Jogador preso acusado de estupro (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Jornal Extra