Jogador é detido acusado de manipular resultado de partidas

Segundo os investigadores, Masiello participou da manipulação dos últimos jogos da temporada passada.

Andrea Masiello, jogador da Atalanta, foi detido por suspeita de participação em uma rede de manipulação e fraude de resultados do Campeonato Italiano. A investigação policial também chegou ao nome do atacante franco argelino Abdelkader Hgezzal, que atualmente defende o o espanhol Levante, mas já passou pelo futebol italiano onde jogou pelo Cesena.



Segundo os investigadores, Masiello participou da manipulação dos últimos jogos da temporada passada, quando atuava pelo Bari e a equipe brigava para permanecer na Série A. O clube acabou rebaixado ao final do campeonato.

A suspeita é que Masiello recebeu 300 mil euros pelo clássico entre Bari e Lecce, quando o jogador marcou um contra e ajudou na vitória do rival por 2 a 0. O triunfo garantiu o Lecce na primeira divisão, enquanto que o Bari já estava rebaixado.

Além da partida contra o Lecce, a polícia também investiga os duelos do Bari com outras quatro equipes: Chievo, Sampdoria, Bologna e Cesena. Outros jogadores ainda estão na mira da polícia, são eles: Daniele Portanova (Bologna), Alessandro Parisi (Torino), Marco Rossi (Cesena) e Simone Bentivoglio (Sampdoria)

Em fevereiro, a polícia prendeu Mario Cassano, goleiro do Piacenza, e Angello Iacovelli, pessoa próxima aos dirigentes do Bari, por suspeita de participação no mesmo esquema de manipulação. Esses casos se juntam a prisão de outras 17 pessoas em dezembro e de outras no meio do ano passado, quando foi divulgada a suspeita da existência de uma rede de apostas clandestinas.

Fonte: UOL