Jogador tem dor de dente, marca 2 gols e vomita em campo

Jogador tem dor de dente, marca 2 gols e vomita em campo

Jogo em que o Náutico elimina Bangu na Copa do Brasil

Poupado no último fim de semana na derrota do Náutico para o Porto pelo Campeonato Pernambucano, o meio-campista Eduardo Ramos, 24 anos, mostrou que é peça fundamental no esquema do técnico Roberto Fernandes na vitória do time do Recife por 2 a 0. No Rio de Janeiro, na última quarta-feira, ele sofreu com uma dor de dente, foi atendido por um dentista à tarde, foi para a partida contra o Bangu de noite e marcou dois gols. "O dentista deu sorte", brincou o jogador nos vestiários, comemorando a classificação antecipada do seu time.

Eduardo contou com uma falha do goleiro adversário para marcar o primeiro gol, aos 5min do segundo tempo, em um chute de fora da área. Nos acréscimos, aproveitou uma bola que Fábio Ramos salvou, após cruzamento de Rogério, para marcar pela segunda vez na partida e eliminar o Bangu. Os dois atacantes substituíram os titulares Bruno Meneghel e Ricardo Xavier no segundo tempo.

Ainda se recuperando fisicamente, o meio-campista vomitou em campo após garantir a classificação, mas conseguiu jogar até o fim da partida. Eduardo diminuiu a importância do problema: "tive uma pequena ânsia de vômito". Ele preferiu comemorar o resultado, a boa atuação do time e os seus dois gols.

"Era uma questão do Eduardo ou acertar o seu passe, que hoje poucos meias têm a lucidez para enfiar uma bola como ele, ou então ele chegar para fazer, que era uma coisa que ele estava chateado com ele mesmo. E eu falei: o gol vai sair na hora certa. Você está trabalhando, se dedicando", disse o treinador Roberto Fernandes, que nesta quinta-feira já inicia a preparação para o clássico contra o Santa Cruz, no próximo domingo, no Arruda.

Fonte: Terra, www.terra.com.br