Jogando fora de casa, River vence Guarany de Sobral por 2 a 1 e é líder

A equipe cearense sentiu o baque e abatida não conseguiu reagir com efetividade até o fim do primeiro tempo.

Enfrentando o Guarany de Sobral, campeão da série D em 2010; o River não se intimidou e calou os torcedores adversários no Estádio do Junco neste domingo (20) em partida válida pela primeira rodada do certame nacional. Estreante na competição, o time piauiense venceu pelo placar de 2 a 1, provando que não está na disputa a passeio e que será uma pedra na chuteira dos concorrentes.

Os donos da casa começaram impondo o ritmo da partida e ameaçaram por duas vezes o goleiro riverino Cesar Luz. Em primeiro plano com o zagueiro André Nunes, aos 18 minutos, que subiu livremente e cabeceou com maestria, contudo não teve sorte e o ataque saiu pela linha de fundo, aliviando o defensor piauiense. Já no minuto 24 da etapa inicial a chance foi de um ex-River assinalar, o volante João Neto acertou um chute potente, porém, Luz estava atento e não deixou o Guarasol definir.

Com as oportunidades iminentes do rival, o tricolor teve que tomar a iniciativa e deu certo. Aos 31 minutos, após uma bela jogada entre Thiago Marabá e Esquerdinha, a bola chegou até Eduardo, que esbanjando talento tocou na saída do goleiro e sem grandes dificuldades, abriu o marcador, levando ao delírio os companheiros. A equipe cearense sentiu o baque e abatida não conseguiu reagir com efetividade até o fim do primeiro tempo.

No intervalo o técnico Edson Leivinha se dispôs a mudar a história para os donos da casa e realizou duas substituições, entraram Adalgiso Pitbull e Carlinhos para a saída de Candinho e Thiago Santos. Logo aos 9 minutos do segundo tempo, César Luz pode sentir na pele o ímpeto do Guarasol e realizou uma defesa apoteótica para evitar o empate. Após o susto, Josué Teixeira resolveu dar um novo gás ao galo e substituiu Thiago Marabá por Alessandro. A estratégia ousada deu certo e sob uma marcação perfeita, o time do Ceará sucumbiu, abrindo espaços para o segundo gol do River, alcançado através de lance inteligente de Eduardo, que deixou Fabiano livre para sacramentar a superioridade dos visitantes.

Com a vantagem, o Galo teve um lapso de desatenção e deixou o Guarany diminuir após saída rápida orquestrada pelo camisa 9 Rodrigo Dantas. O gol devolveu a esperança aos anfitriões, que dominaram os minutos finais do jogo, porém não souberam aproveitar as chances que surgiam e desesperados para reverter o quadro negativo viram o árbitro paraibano Clizaldo Di Pace França apitar pela última vez no confronto.

Para o técnico do River Josué Teixeira a vitória é uma motivação a mais no processo de valorização do futebol local. ?É um resultado muito importante e ainda fora de casa, essa fase gloriosa do time só vem a reforçar a melhoria do futebol no Piauí, esperamos contar com o apoio da torcida no próximo desafio?, conta animado.

Líder do grupo A2, o tricolor jogará no Albertão, em Teresina, no próximo dia 27, o adversário será o paraense Remo, que empatou em 1 a 1 com o Moto Club do Maranhão. ?Torcemos para um público entre 15 mil e 20 mil pessoas apoiando o River?, completa Josué Teixeira.

Fonte: Francy Teixeira