Jonas mostra oportunismo, e Seleção Brasileira vence Egito em amistoso: 2 a 0

Jonas mostra oportunismo, e Seleção Brasileira vence Egito em amistoso: 2 a 0

Jonas marcou dois gols pelo Brasil no amistoso contra o Egito

A Seleção Brasileira terminou suas exibições em 2011 com uma vitória tranquila diante do Egito, por 2 a 0, nesta segunda-feira, em Doha, no Catar. Sem ser ameaçada em quase nenhum momento da partida, o time verde e amarelo não encontrou dificuldades para construir o placar e viu o atacante Jonas brilhar na partida, com dois gols de oportunismo e boa colocação na área.

Mano Menezes que começou o ano com dúvidas, pela derrota para a França, em fevereiro, viveu seu pior momento até então no comando do Brasil com a eliminação da Copa América, termina o ano com cinco vitórias consecutivas, a maioria delas contra adversários com pouca expressão no futebol mundial, como Costa Rica e Gabão.

No grupo de jogadores que viajou para os confrontos no Gabão e em Doha, tido por muitos como desprestigiado por não ter estrelas como Ronaldinho e Neymar, alguns nomes chamaram a atenção, como o meia Bruno César, que teve duas boas atuações, Hernanes, que desempenhou bem sua função como meia, além dos laterais Adriano, no primeiro jogo, e Alex Sandro, na segunda partida. A dupla de ataque Jonas e Hulk também mostrou vontade e deve ganhar pontos com o treinador.

A primeira chance de perigo foi da equipe do Egito. Aos 5min do primeiro tempo, Ahmed El-Muhammadi arriscou chute no ângulo em cobrança de falta e Diego Alves se esticou para espalmar para fora, levantando a torcida no estádio, em sua grande maioria torcedores egípcios.

O jogo seguia morno, quase sonolento. A equipe de Mano Menezes não conseguia colocar a velocidade dos últimos dois jogos no toque de bola, em parte por conta do esquema bastante defensivo dos egípcios. A primeira oportunidade do Brasil abrir o placar só veio aos 26min. Hulk foi lançado na entrada da área, dominou no peito e chutou com força, mas por cima. Aos 28min, Bruno César arriscou de muito longe e Ahmed El-Shenawy defendeu no meio do gol.

Aos poucos, a Seleção ia evoluindo no jogo. Muito graças as jogadas pelo lado esquerdo do campo. Aos 32min, Hulk deu belo passe de calcanhar para Alex Sandro. O lateral aproveitou o toque do seu companheiro no Porto, deu a meia lua no zagueiro egípcio e bateu rente à trave, quase abrindo o placar

O gol que inaugurou o placar começou exatamente dos pés do ex-santista aos 38min. Alex Sandro pegou rebote de escanteio e do meio campo acertou lançamento perfeito para Bruno César. O meia só escorou para Hulk. O atacante do Porto, entrou na área e viu bem Jonas sozinho no meio. O atacante só teve o trabalho de dar um toque de leve para o fundo das redes.

O Brasil quase ampliou a vantagem no começo da segunda etapa. Logo 1min, Fernandinho acertou ótimo passe, Jonas avançou dentro da área, driblou o goleiro e tocou: Ahmed Hegazy salva em cima da linha. A equipe verde e amarela produzia pouco, mas também não era ameaçada pelos egípcios.

O segundo gol brasileiro saiu novamente graças à boa colocação de Jonas. Aos 13min, depois de cobrança de falta da esquerda de Bruno César, Fernandinho deu um leve toque de cabeça. O goleiro espalmou e o atacante do Valencia estava só esperando a bola sobrar para ele tocar para o gol.

A equipe brasileira quase fez o terceiro em rápido contra-ataque minutos depois. Hulk pegou a bola antes do meio de campo, avançou bem e abriu para Hernanes, que entrava sozinho pela ponta direita. O meia bateu cruzado, passando rente à trave.

Nos minutos finais, os treinadores trataram de modificar muito os times. Com as substituições, boas chances apareceram para os dois lados. Aos 36min, Ahmed Hassan arriscou da entrada da área e obrigou Diego Alves a se esticar para fazer grande defesa.

O Brasil foi bem aos 42min, com dois atletas que haviam acabado de entrar: Dudu invadiu a área pela esquerda e cruzou para Kleber cabecear, acertando a trave. No rebote, Dudu tentou de cabeça, mas mandou por cima. Willian e Elias foram outros jogadores a serem acionados por Mano Menezes durante o amistoso.

Fonte: Terra, www.terra.com.br