Jones vence Glover e se isola no topo do UFC: "Consegui mostrar o meu dom"

Lutador comemora o fato de ter controlado praticamente todo o duelo contra o brasileiro e também voltar a contar com o apoio dos torcedores

Um Jon Jones tranquilo, confortável e seguro de si dominou praticamente toda a luta contra Glover Teixeira na atração principal do UFC 172, neste sábado, em Baltimore (EUA). O americano não conseguiu finalizar ou nocautear, mas foi declarado vencedor em todos os rounds pelos jurados e chegou à sétima defesa de cinturão com sucesso. Jones se mostrou bastante feliz com a performance, principalmente depois do sufoco que passou diante de Alexander Gustafsson no duelo anterior.

- Eu queria ter uma performance dominante e acredito que, quando você tem um dom, não é sempre que você está no controle disso. Eu esperava estar de volta e ter uma performance no nível que eu gostaria. Consegui mostrar o meu dom hoje. Vencer um cara que não havia perdido em 20 lutas... Não posso reclamar disso - disse o americano na entrevista coletiva após o evento.

Jon Jones também comentou o fato de ter a torcida ao seu lado desta vez. Como duas das suas três últimas lutas foram no Canadá e a outra foi contra Chael Sonnen, os fãs ficaram divididos ou contra ele na plateia.

- Foi bom ter a torcida ao meu lado de novo. Fazia tempo que eu não tinha aplausos. E eu quis mesmo abraçar isso e dar a essa audiência um pouco de entretenimento. O meu gás estava bom, e eu estava quase implorando a mim mesmo a tentar coisas novas e sou muito grato por tudo o que aconteceu lá - vibrou.

Em sua próxima luta, Jon Jones terá a revanche contra Alexander Gustafsson, conforme voltou a afirmar neste sábado o presidente do Ultimate, Dana White. A data e o local do combate ainda não foram anunciados.

Fonte: Sportv