Jorge Henrique bate Valdivia e é eleito o mais irritante do Brasil

Jorge Henrique bate Valdivia e é eleito o mais irritante do Brasil

Jorge Henrique, com 21 votos, ganhou a eleição, seguido de perto pelo chileno Valdivia, lembrado 18 vezes

A reportagem ouviu, sob condição de anonimato, cem atletas de 15 times do país para saber quem é o jogador mais irritante do futebol brasileiro. O resultado foi praticamente um Corinthians x Palmeiras. Jorge Henrique, com 21 votos, ganhou a eleição, seguido de perto pelo chileno Valdivia, lembrado 18 vezes.

A dupla, que já chegou a se estranhar em confrontos recentes das duas equipes, teve como perseguidor mais próximo o atacante Kleber, hoje no Grêmio, que recebeu 14 votos. D?Alessandro, do Inter, foi o quarto, com seis lembranças.

Além deles, também foram citados jogadores como Luan (Palmeiras, 5), Emerson Sheik (Corinthians, 4), Felipe (Flamengo, 4), Neymar (Santos, 3) e Vagner Love (Flamengo, 3).

A votação para atleta mais irritante do país faz parte de uma extensa pesquisa que ouviu atletas de São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Grêmio, Internacional, Figueirense, Goiás e Vitória, que votaram em 13 diferentes quesitos.

Desde a semana passada, os resultados têm sido revelados. Messi foi escolhido o melhor jogador do mundo, enquanto Neymar foi apontado o grande craque do país. Já Abel Braga, campeão com o Fluminense, foi o melhor técnico.

Os jogadores também elegeram Milton Leite e Caio Ribeiro como os melhores nas categorias narrador e comentarista, respectivamente. Muller, por sua vez, ganhou com sobras a eleição de pior comentarista, segundo os atletas.

Nesta semana, pesquisas mostraram que o São Paulo é o clube preferido dos atletas para trabalhar, seguido de perto por Corinthians e Botafogo. Leandro Vuaden, por sua vez, foi eleito o melhor árbitro, enquanto Sandro Meira Ricci foi o pior. Kleber, terceiro na eleição do mais irritante, foi o vencedor na categoria do mais violento, com grande vantagem em relação aos demais citados.

Fonte: UOL