Jornal diz que Riquelme não quer Corinthians

O diário ainda ressalta que a família do atleta também é contra a mudança para o Brasil

Juan Román Riquelme está feliz no Boca e não sente vontade de defender o Corinthians, segundo notícia publicada nesta terça-feira pelo jornal argentino Olé.

"Em São Paulo asseguram que Riquelme já deu ok e que um dirigente chegará amanhã (quarta) à Argentina para se reunir com ele, mas pessoas próximas ao jogador negam a autorização e dizem que Riquelme não quer ir", publica o diário.

Segundo o Olé, não faltam motivos para Riquelme permanecer no Boca: o jornal lembra de declarações recentes do jogador, que disse que o time é "onde ele quer estar" e prometeu ao ex-presidente Pedro Pompilio (morto há um ano) que jogaria de graça até julho, como previsto em contrato.

O diário ainda ressalta que a família do atleta também é contra a mudança para o Brasil e que nem a excelente proposta financeira do Corinthians (segundo o jornal , de US$ 2,5 milhões por ano em contrato de três temporadas, cifra impossível de ser igualada para a maioria dos clubes argentinos) convence Riquelme.

"Quando chegar o momento de renovar (com o Boca), Román vai ajustar seu salário com o que é possível pagar aqui. E vai seguir no Boca", garantiu ao Olé uma pessoa próxima do meia.

A única boa notícia da reportagem dos argentinos para a torcida do Corinthians é a de que a diretoria do Boca estaria dividida.

Um grupo, do qual faz parte o presidente Mauricio Macri, acha que Riquelme deve ser liberado caso o Boca não se classifique para a Libertadores. Já a outra parte, que contaria com o manager Carlos Bianchi, descarta a saída do ídolo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br