Jornal divulga confusão com prostitutas; espanhóis negam

Jornal divulga confusão com prostitutas; espanhóis negam

Jogadores teriam arremessado controles de televisão e sabonetes de seus quartos

Perguntas sobre a suposta festa com prostitutas realizadas no Recife dominaram a entrevista da Espanha no início da tarde desta terça-feira, no Hotel Praiano, em Fortaleza. O zagueiro Sergio Ramos e o lateral esquerdo Jordi Alba foram questionados três vezes sobre o assunto e detonaram o que chamaram de ?mentiras? que saíram na imprensa.

?Esperamos que a Fifa desacredite esse mentiroso (jornalista) que tenta ficar conhecido por meio de uma geração futebolística que está mostrando ser a melhor dos últimos anos. Não se pode brincar com a reputação da Espanha, que é muito boa, nem colocarmos em dúvida porque temos família, mulheres, filhos?, disse Sergio Ramos.

Alba, por sua vez, definiu que a história publicada ?é totalmente falsa?. ?Não há mais o que dizer?, afirmou, citando um comunicado divulgado pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) na manhã desta terça-feira. Na nota, a entidade se definiu ?indignada? e negou que qualquer tipo de festa tenha ocorrido no Hotel Golden Tulip Recife Palace.

A RFEF confirmou, porém, que seis jogadores da seleção tiveram dinheiro furtado de seus quartos do mesmo hotel, enquanto a equipe enfrentava o Uruguai, no dia 16 de junho. Funcionários do hotel e voluntários, no entanto, contam uma outra versão dos fatos, apontando que o furto teria sido percebido depois que cinco mulheres deixaram o hotel na manhã seguinte ao jogo, e que alguns incidentes foram flagrados pelas câmeras do local. As mulheres seriam prostitutas que teriam levado o dinheiro após uma festa.

Questionado nesta terça se o furto realmente ocorreu, Sergio Ramos respondeu: ?cara, eu já disse o que tinha que dizer, está nas mãos da polícia. Dormimos muito tranquilos e nesse aspecto a nossa consciência está muito limpa. Não se pode inventar algo assim porque pode criar uma coisa muito especial. Não estamos aqui para falar de festa ou para nada: estamos para jogar o futebol que nos fez conhecidos. Não nos deixamos levar por comentários de gente que mente. Viemos jogar futebol?.

Jornal divulga suposta confusão com prostitutas no hotel da Espanha em Fortaleza

Também nesta terça-feira, Diário do Nordeste publicou que a noite de comemorações da seleção espanhola após a vitória por 3 a 0 sobre a Nigéria, no último domingo, em Fortaleza, teria terminado em confusão. Segundo o diário, alguns jogadores da equipe teriam saído para comemorar e só voltaram para o por volta das 4h da manhã.

O jornal cita fontes ligadas ao Hotel Luzeiros, onde a equipe está hospedada na capital cearense, para afirmar que os atletas voltaram da festa com mulheres, as quais foram barradas na porta do prédio. Algumas delas, as quais teriam conseguido passar pelos seguranças, teriam sido surpreendidas já dentro do elevador e levadas para fora.

Ainda segundo o diário, os jogadores, cujas identidades não foram reveladas, teriam ficado revoltados com a ação dos funcionários e teriam arremessado controles de televisão e sabonetes de seus quartos.

Fonte: Terra