Jornal Marca afirma que Neymar vai disputar as Olimpíadas

Em 2013/14, quando foi contratado, Neymar teve anemia

Para o “Marca”, Neymar já está convocado e liberado pelo Barcelona para disputar as Olimpíadas, e não a Copa América. O jornal afirmou que em mais um começo de temporada o craque brasileiro desfalcará o time catalão ao listar outros problemas.

Em 2013/14, quando foi contratado, Neymar teve anemia, chegou a perder seis quilos e precisou ficar em algumas partidas no banco de reservas por não estar em seu auge físico. No ano seguinte, precisou de maior tempo recuperação depois de fraturar a vértebra na Copa do Mundo – uma torção no tornozelo o impediu de estar em campo na estreia do Espanhol.

Na atual temporada, outro problema médico: Neymar contraiu caxumba e desfalcou o Barça nas três partidas de Supercopas e em mais uma do Espanhol.

Com as Olimpíadas sendo disputadas entre 3 e 19 de agosto, o camisa 11 tampouco poderá jogar em um ou dois jogos do Espanhol, além de eventuais Supercopas que o Barcelona disputar.Nesta quinta-feira, o técnico da seleção brasileira, Dunga, e o coordenador Gilmar Rinaldi se reuniram com Luis Enrique para negociar justamente a liberação de Neymar para os Jogos.

Terminado o encontro, Gilmar disse que a decisão ainda será anunciada. – Faremos um resumo da viagem, dos jogos a que assistimos e das reuniões que participamos. Vamos avaliar tudo com muita calma, sempre pensando no que é melhor para a seleção brasileira e com o cuidado de não prejudicar os clubes - disse Gilmar, em entrevista publicada no site da CBF.Se dependesse só de Neymar,

Dunga poderia ficar tranquilo. O atacante quer jogar tudo com o Brasil e já deixou clara sua posição ao Barça. Ao mesmo tempo, por outro lado, o craque não pensa em entrar em atrito com o clube catalão, onde vive grande momento e tem relação boa com todos, por isso não vai forçar o caso e respeitará a decisão.Se tiver que escolher entre os dois torneios, Dunga indicou que vai optar por ter Neymar nas Olimpíadas, disputadas em casa, na busca pelo ouro inédito.

O atacante seria um dos três jogadores com mais de 23 anos permitidos pelo regulamento para cada seleção.As Olimpíadas têm um porém. Como não se trata de um dos períodos determinados pela Fifa para amistosos ou jogos oficiais, os clubes não são obrigados a liberar seus atletas com mais de 23 anos, ao contrário do que acontece na Copa América. Por isso é importante a negociação com o Barcelona, até mesmo para o caso de "trocar" a liberação de Neymar.O comitê organizador da Copa América Centenário, por sua vez, faz pressão para que o craque brasileiro jogue a competição. Neymar é chamariz de todos os anúncios promocionais do torneio. Resumindo, alguém terá de ceder: ou Brasil, Neymar e Copa América, ou o Barça.

Neymar (Crédito: Reprodução / Facebook)
Neymar (Crédito: Reprodução / Facebook)


Fonte: Com informações: Globo Esporte