Jovem piauiense é a nova promessa no futebol brasileiro

O adolescente faz parte do Projeto Zico 10 e começou a ser observado por olheiros.


Torcedor do Corinthians e com nome de futuro jogador famoso, o adolescente Klismam Alves, de 15 anos de idade, é a mais nova promessa para o futebol brasileiro.

Ele é piauiense, do município de Miguel Alves (localizado a 112 km de Teresina), viajou ontem para Ribeirão Preto, São Paulo, onde irá participar de uma seleção no Centro de Treinamento Olé Brasil.

O adolescente faz parte do Projeto Zico 10 e começou a ser observado pelos olheiros e empresários em uma seleção, realizada com participantes do projeto de todo o Piauí e Leste do Maranhão.

A seleção do Olé Brasil acontece durante toda esta semana, e de acordo com membros do projeto, a aprovação de Klismam Alves já é quase certa, pois na “Copinha Zico 10” ele foi o único destaque em sua categoria.

O jogador, um garoto simples, falou que seu sonho é se profissionalizar, para voltar à terra natal e ajudar sua família, que reside em uma casa de taipa, na periferia Miguel Alves.

“Meu pai é magarefe e minha mãe, dona de casa. São pessoas simples, que trabalham muito para manter nossa família. Por isso quero crescer para ajudá-los”, disse o garoto, que tem como ídolos de futebol o jogador Ronaldo Fenômeno, e o seu time do coração.

Ele conta que depois de ter sido selecionado para o projeto Olé Brasil, teve que se esforçar mais na escola e melhorar as notas. Isso porque sua matrícula no Zico 10 está condicionada ao seu bom desempenho escolar.

De acordo com Ely Sandro, Secretário de Esporte de Miguel Alves, coordenador do projeto no município, o objetivo é buscar bons jogadores com bom desempenho e formar o cidadão, evitando que muitos jovens entrem no mudo da criminalidade.

“Klismam é um diferencial em tudo, pois é totalmente contra drogas e ainda melhorou 100% o seu rendimento escolar”, afirmou o coordenador.

Em Miguel Alves o Projeto Zico 10 atende diretamente 200 crianças, sendo que outras duzentas estão na lista de espera. E de acordo com Ely Sandro, o projeto conta com outros 14 nomes que também já estão sendo observados por olheiros.

“São adolescentes que não tinham muitas expectativas de vida, e agora já sonham em seguir carreira como jogador de futebol profissional”, conta.

Fonte: Lindalva Miranda