Juventus mostra a sua força e vence o Milan por 4 a 2 com show de Amauri

Com o resultado, o Juventus chegou aos 33 pontos ganhos

Em dia inspirado de Amauri, o Juventus mostrou a sua força e venceu o Milan por 4 a 2 neste domingo, no Estádio Olímpico de Turim. O brasileiro marcou dois gols. Del Piero e Chiellini completaram para o vencedor. Pato e Ambrosini descontaram.

Com o resultado, o Juventus chegou aos 33 pontos ganhos, se isolado na segunda colocação do Campeonato Italiano. O Milan, com 30, está em segundo ao lado do Napoli. A liderança é do Inter de Milão.

Sem poder contar com Kaká e Gattuso, dois dos seus dois principais jogadores de meio-campo, o técnico Carlo Ancelotti armou um ferrolho para segurar a força do Juventus. Armou três volantes no meio-campo (Ambrosini, Emerson e Pirlo), escalou Seedorf e Ronaldinho Gaúcho na armação e isolou Alexandre Pato no ataque. Desse jeito, o Milan suportou 15 minutos de pressão da Velha Senhora. Até que Maldini derrubou Del Piero na área, e o árbitro assinalou pênalti. O próprio Del Piero cobrou bem, fazendo 1 a 0.

O resultado era justo, pois até o momento apenas o time da casa buscava jogo. O Milan, aos poucos, começou a sair para o jogo. Não tinha outra alternativa. E percebeu que poderia ameaçar se fosse um pouco mais ousado. Aos 17, por pouco não empatou em lance de Seedorf. Mas aos 29 não teve jeito. Ronaldinho Gaúcho avançou pela esquerda e cruzou na medida para Alexandre Pato. O jovem atacante, no único lance que acertou durante a partida inteira, empurrou para as redes para igualar o placar.

O Rubro-Negro não teve tempo para comemorar. Empurrado pela torcida, o Juventus recuperou a vantagem quatro minutos depois apenas. Em cobrança de escanteio, o zagueiro Chiellini subiu mais do que todo mundo e testou sem defesa para Abbiati. E a Velha Senhora estava impossível. Aliás, Amauri estava. Ele, que até então fazia bom jogo, foi premiado com um bonito gol de cabeça após cruzamento De Ciegle, aos 40.

Merecidamente, o time de Turim foi para o vestiário com dois gols de vantagem no clássico. Na volta do intervalo, Ancelotti finalmente avançou seu time e lançou o segundo atacante. Sacou Emerson e pôs Shevchenlo em campo. O Milan cresceu novamente e diminuiu logo aos 10 minutos. Ambrosini chutou da entrada da área, e a bola desviou em Chiellini.

O Juventus não se abateu e seguiu dominando as ações. Ronaldinho Gaúcho foi caindo de produção. Pato continuava sumido. Mas Amauri não estava. Aos 23, ele conseguiu o segundo gol na partida depois de ser lançado por Del Piero. O brasileiro dominou no peito e tocou no canto do goleiro.

A partida daí, o Juventus não foi mais ameaçado. O Milan, com um jogador a menos, já que Zambrotta foi expulso aos 19, não teve forças para tentar a reação.

Resultados deste domingo

Roma 3 x 2 Cagliari

Fiorentina 2 x 0 Catania

Genoa 1 x 1 Atalanta

Inter Milan 4 x 2 Chievo

Palermo 2 x 0 Siena

Reggina 0 x 2 Sampdoria

Udinese 3 x 3 Lazio

Juventus 4 x 2 Milan

Fonte: Globo Esporte