Kaká desabafa e diz que quer sair do Real; decisão sai na segunda

Kaká desabafa e diz que quer sair do Real; decisão sai na segunda

O desabafo ocorreu após a vitória sobre o La Coruña por 4 a 0 no Troféu Teresa Herrera.

O meia-atacante Kaká afirmou nesta quinta-feira que deseja sair do Real Madrid. O desabafo ocorreu após a vitória sobre o La Coruña por 4 a 0 no Troféu Teresa Herrera.

"Quero ir. Creio que agora é o momento adequado para mim e para o clube para sair de forma amigável", declarou o jogador aos jornalistas após a partida em que marcou dois gols.

A possibilidade de retorno de Kaká ao futebol brasileiro neste momento está descartada porque a janela do Brasil já se encerrou para jogadores que estão com contrato em vigor.

Segundo o jogador, tanto o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, quanto a diretoria do clube merengue estão cientes do seu desejo. O pai e empresário do meia, Bosco Leite, tem se reunido com a diretoria para buscar uma solução. O prazo de segunda-feira foi dado porque é o dia no qual fecha a janela de transferências na Europa.

Kaká mostrou que não está contente por só treinar e estar disponível para jogar. O atleta se sente cada vez com menos espaço no Real Madrid, e por isso pediu para ser transferido.

Kaká foi contratado em 2009 por 65 milhões de euros, em uma das transferências mais caras da história. Mas, recentemente, o meia brasileiro não vinha tendo muito espaço tanto com Ancelotti quanto com o antecessor, José Mourinho.

Kaká também andava em baixa com a torcida. No último dia 22, durante jogo contra o Al-Sadd, do Qatar, em homenagem a Raúl, grande Ídolo do Real Madrid, o camisa 8 ouviu vaias vindo da arquibancada assim que pegou na bola. Alguns torcedores tentaram apoiá-lo, mas as vaias foram mais fortes.

No jogo desta quinta-feira, Kaká foi responsável pelas principais jogadas do Real. Além de marcar duas vezes, deu o passe para um gol de Álvaro Morata, que foi anulado pois o espanhol estava impedido. Outros brasileiros do time, Casemiro e Marcelo também tiveram boa atuação.

Fonte: UOL