Kaká que estreia no domingo no São Paulo é o melhor do time desde 2009

Kaká foi o último dos mortais a ser escolhido o melhor do planeta, em 2007

O dia 1º de fevereiro de 2001 marcou a estreia do jovem Cacá, de 18 anos, pelo São Paulo. Ele entrou no segundo tempo da partida contra o Botafogo, pelo Torneio Rio-São Paulo, que acabou em empate por 1 a 1. Não impressionou. No fim daquele mês, os clubes se reencontrariam na final do torneio, na qual o tal Cacá começaria a brilhar: fez os dois gols na vitória por 2 a 1 no Morumbi e garantiu a taça. Nos 12 meses que se seguiram, ele virou "Kaká" e foi de aposta do técnico Oswaldo Alvarez ? Vadão, aquele ? a um dos convocados pela seleção brasileira à Copa do Mundo de 2002. Kaká agora voltou e fará a reestreia pelo clube no domingo, aos 32 anos. E, apesar de não parecer, ele vive um dos melhores momentos da carreira desde que foi eleito o melhor jogador do mundo.

Kaká foi o último dos mortais a ser escolhido o melhor do planeta, em 2007. Depois dele, só os inatingíveis Lionel Messi e Cristiano Ronaldo alcançaram o feito. Depois de deixar o São Paulo em 2003, o meia conquistou espaço no Milan, na Itália, muito mais rápido do que se esperava. Colocou o ídolo português Rui Costa no banco em poucos treinos, e iniciou uma jornada que virou muito mais ambiciosa do que parecia de início. Mas desde o fim de 2007, Kaká não só foi superado como viu o próprio futebol decair intensamente.

Há um ano, Kaká decidiu deixar o Real Madrid após quatro temporadas de fracasso e voltou ao Milan, clube que o consagrou. Nos últimos 12 meses, fez temporada discreta ? também pelo rendimento do clube, 8º colocado ao término do campeonato italiano ?, mas boa. Jogou com frequência, sem se machucar, em bom nível e deixou outros jogadores teoricamente melhores, como Stephan El Shaarawy e Robinho, no banco de reservas.

Kaká fez 37 partidas e nove gols na última temporada. Atuou ao todo em 2.904 minutos com a camisa do Milan e jogou 18 jogos do início ao fim, sem ser substituído. Os dados são do site "O Gol". Tais números superam em todos os quesitos aquilo que ele fez desde 2009, quando ainda era considerado um dos melhores do mundo. E além dos números, Kaká também foi bem em campo. Adaptou-se para jogar não só na faixa central do meio de campo, como sempre esteve acostumado, e foi às pontas. Virou opção como atacante pela esquerda ? papel que ele deve exercer de forma semelhante agora no São Paulo. A equipe treinada pelo holandês Clarence Seedorf terminou a temporada jogando com um trio defensivo no meio de campo, com Nigel De Jong, Riccardo Montolivo e Sunley Muntari, Adel Taarabt na ponta direita, Kaká pela esquerda e Mario Balotelli dentro da área.

A comparação dos números de Kaká em 2013-14 com os referentes às temporadas pelo Real Madrid mostra a evolução. Os 2.904 minutos pelo Milan nos últimos 12 meses são semelhantes à soma dos dois últimos anos do meia na Espanha. Em 2012-13, jogou 27 partidas e fez 5 gols, em 1.219 minutos. De 27, jogou 90 minutos sem ser substituído apenas em dois jogos. Na temporada anterior, foram 40 jogos e oito gols, mas em apenas 1790 minutos. Quando não era reserva, deixava o jogo no início do segundo tempo.

No próximo domingo, apenas uma reviravolta inesperada impede a reestreia de Kaká pelo São Paulo, no Serra Dourada, contra o Goiás, em partida do Brasileirão. O meia, conforme indicou o técnico Muricy Ramalho nesta quinta-feira, formará o quarteto de ataque com Paulo Henrique Ganso, Ademilson e Alan Kardec. Deverá iniciar na esquerda, assim como acabou sua boa última temporada, mas poderá ainda ocupar outros pontos do esquema.

Além de Kaká no lugar de Osvaldo, a outra mudança no time é a entrada de Rafael Toloi na zaga. Maicon, volante, deixou a equipe. Rodrigo Caio foi da zaga ao meio e formará a dupla de volantes com Souza. Assim, o São Paulo deverá ter no domingo: Rogério Ceni, Douglas, Rafael Toloi, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Rodrigo Caio e Souza; Ademilson, Paulo Henrique Ganso e Kaká; Alan Kardec.

AS TEMPORADAS DE KAKÁ DESDE 2007

2013/14 ? 37 jogos/9 gols ? 2.904 min. ? 90 minutos em 18 jogos ? MILAN

2012/13 ? 27 jogos/5 gols ? 1.219 min. ? 90 minutos em 2 jogos ? R. MADRID

2011/12 ? 40 jogos/8 gols ? 1.790 min. ? 90 minutos em 6 jogos ? R. MADRID

2010/11 ? 20 jogos/7 gols ? 989 min. ? 90 minutos em 3 jogos ? R. MADRID

2009/10 ? 33 jogos/9 gols ? 2. 430 min. ? 90 minutos em 13 jogos ? R. MADRID

2008/09 ? 33 jogos/16 gols ? 2.718 min. ? 90 minutos em 25 jogos ? MILAN

2007/08 ? 41 jogos/19 gols ? 3.367 minutos ? 90 minutos em 36 jogos ? MILAN

Fonte: UOL