Leão perde pênalti e empata com Juventude

Fase pela qual passa o Fortaleza na Série B do Campeonato Brasileiro é das mais difíceis

A fase por que passa o Fortaleza na S?rie B do Campeonato Brasileiro ? das mais dif?ceis. Ontem, diante do Juventude, o Le?o perdeu um p?nalti no segundo tempo e ficou apenas no empate em 0x0, o que manteve o time na zona de rebaixamento. O primeiro tempo transcorreu sem muitas jogadas ofensivas, especialmente do Fortaleza, que mostrou muito distanciamento entre os setores. Os lan?amentos para os atacantes Bambam e Pedro Henrique foram sempre em desvantagem para a dupla de atacantes.

O Le?o passou a projetar os laterais como parceiros das jogadas de frente. Aos 3 minutos, Sim?o se aproximou da ?rea e chutou cruzado, mas para fora. O Tricolor poderia ter aproveitado a furada do zagueiro Jo?o Leonardo, que deixou a bola passar entre as pernas, mas Pedro Henrique n?o acreditou e n?o foi no lance. O Juventude marcou bem o Fortaleza e procurou jogar no erro do advers?rio. Dessa maneira quase conseguiu marcar. Na primeira vez, Ga?cho deu um passe errado e no contra-ataque, Maycon avan?ou e chutou para fora. O melhor momento foi aos 45 minutos. Mendes viu Tiago Cardoso adiantado, e mandou por cima. Tiago tocou na ponta dos dedos e a bola ainda tocou no travess?o, antes de sair.

No segundo tempo, o Tricolor cearense foi mais ousado com a entrada de Osvaldo no lugar de Pedro Henrique. Aos 22 minutos, Osvaldo puxou contra-ataque e cruzou para a ?rea, mas Raul escorregou na linha do gol. Outra boa ocasi?o para marcar foi quando Sim?o entrou pela direita e ao inv?s de cruzar, chutou e o goleiro defendeu, sem dificuldades.

A oportunidade de ouro para o Fortaleza surgiu aos 37 minutos. Dirley cometeu p?nalti em Osvaldo. Ga?cho foi cobrar e acertou a trave direita.

Thiago Almeida foi expulso aos 45 minutos e s? n?o ficou pior porque uma cabe?ada de Mendes encontrou o travess?o, que salvou o Le?o da derrota aos 48 minutos.

AINDA N?O

Heriberto da Cunha descarta retorno do ?dolo Clodoaldo

Alguns dirigentes do Fortaleza at? acalentaram o desejo de verem de volta o atacante Clodoaldo no clube, a exemplo de S?rgio Alves, que voltou para o maior rival, por?m, essa possibilidade foi descartada pelo t?cnico do Le?o, Heriberto da Cunha.

Indagado sobre a possibilidade do regresso do baixinho, Heriberto assim justificou a sua negativa: ?n?o tem possibilidade, sabe? N?o adianta voc? trazer um jogador para ainda ir prepar?-lo. A S?rie B ? um campeonato fort?ssimo e fica invi?vel voc? preparar um jogador em dois meses. O Clodoaldo vinha jogando num outro ritmo e a dificuldade ? enorme. E n?o ? o jogador que estamos procurando. Estamos trabalhando em cima de outro. O Clodoaldo ? um grande atleta, mas precisa p?r a cabe?a no lugar, pois ele ainda tem futebol. No nosso caso, precisamos do atacante pronto para chegar e jogar?.

Falou-se muito no nome de Rinaldo, que est? sem oportunidade no Goi?s, mas a quest?o do alto sal?rio do atleta ? um impedimento. Um zagueiro e um meia est?o na mira.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br