Levir diz que precisa encontrar soluções para reerguer o Atlético

Levir diz que precisa encontrar soluções para reerguer o Atlético

Enquanto isso, os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo na academia.

Já estava escuro na Cidade do Galo. Com uma prancheta nas mãos e várias anotações, o técnico Levir Culpi trocava informações com o auxiliar técnico Luís Matter. Ciente de que muita coisa precisa mudar para a sequência da temporada, os dois observaram atentamente o treino dos reservas na última sexta-feira (2), na reapresentação do time no CT de Vespasiano, e tentavam encontrar alternativas. Enquanto isso, os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo na academia.

Mas, antes das mudanças dentro das quatro linhas, que já devem acontecer para o jogo deste domingo (4), às 18h30, contra o Goiás, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador terá muito trabalho fora de campo. A desclassificação precoce da Copa Libertadores diante do Nacional, de Medellín, caiu como uma bomba no centro de treinamento e também na sede de Lourdes. E, daqui nove dias, o Galo tem um novo encontro com o Cruzeiro, maior rival e único representante do país que segue na competição continental.

Um ano depois de encantar o Brasil e a América com um futebol envolvente e ofensivo, o time alvinegro trocou os dias de glória pela pressão. A sexta-feira foi de ?cristas baixas? no ?terreiro? do Galo. ?Foi difícil dormir. Não é fácil ficar de fora de uma competição como Libertadores. Só consegui dormir às 6h da manhã e acordei às 8h?, disse o zagueiro argentino Otamendi. ?É sentimento de frustração e tristeza, porque imaginávamos passar para a próxima fase?, completa Pierre.

Conversa franca

Diante do momento difícil, a primeira atitude de Levir Culpi foi uma conversa franca com os jogadores antes do início do treino da última sexta-feira. O principal objetivo era pôr fim à polêmica com o atacante Diego Tardelli, que saiu de campo reclamando, na quinta-feira, ao ser substituído, no segundo tempo, e questionando o treinador.

Quando a imprensa teve acesso à Cidade do Galo, o jogador já tinha deixado o CT e não deu entrevistas. Com uma fisgada na região posterior da coxa esquerda, Ronaldinho Gaúcho também foi outro que logo deixou o local e é dúvida para a partida deste domingo (4).

Pierre e Otamendi foram escolhidos para conversar com os jornalistas, mas evitaram estender a polêmica sobre Tardelli e o comandante. ?Não vou entrar nesse mérito. Houve uma conversa do técnico Levir Culpi antes do treino deste sábado (3) com todo o grupo e está tudo resolvido. Não existe racha, não existe divisão. O grupo é unido, o ambiente é bom, e vamos tentar reerguer juntos?, garantiu Pierre. A diretoria do clube não divulgou se o camisa 9 será multado pela atitude de indisciplina e afirmou que o assunto será tratado internamente.

Animosidades não assustam o treinador

Esta não é a primeira vez que o técnico Levir Culpi assume o clube em um momento conturbado. Em 1994, em sua primeira passagem pelo alvinegro de Minas Gerais, o treinador foi contratado logo depois do fracasso da ?Selegalo?, time formado por estrelas como Renato Gaúcho, Gaúcho, Neto e Éder, todos de temperamento explosivo e complicado.

Além de barrar os três primeiros, o treinador colocou Éder para treinar separadamente. A expectativa agora é para saber como ficará a relação do treinador com Diego Tardelli, após o desentendimento de quinta-feira. Depois da partida, o novo técnico do Galo foi taxativo. ?Comigo, ele não deu um chute a gol?, afirmou, demonstrando, claramente, a insatisfação com o futebol apresentado pelo camisa 9 contra o Grêmio e contra o Nacional.

Os atletas voltam a treinar na tarde deste sábado, seguindo, depois, para a concentração. Só então a torcida saberá os planos de Levir para o duelo contra os goianos. O Atlético ainda não conhece a vitória nesta edição do Nacional. Estreou com empate sem gols, contra o Corinthians, e perdeu para o Grêmio, por 2 a 1.

Recuperado de contusão, o argentino Dátolo está liberado pelo departamento médico e pode voltar ao time. Na última sexta-feira, ele trabalhou normalmente na Cidade do Galo. R10 será reavaliado neste sábado.

Fonte: Hoje em dia