Liga dos Campeões: Ramires faz golaço, Messi erra pênalti e Chelsea tira o Barcelona

Liga dos Campeões: Ramires faz golaço, Messi erra pênalti e Chelsea tira o Barcelona

De quebra o Chelsea se vingou da semifinal da Liga dos Campeões 2008/09.

O Chelsea está na final da Liga dos Campeões. Nesta terça-feira, em pleno Camp Nou, o time inglês empatou com o Barcelona por 2 a 2 e se classificou após ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0. A partida contou ainda com pênalti desperdiçado por Lionel Messi, o melhor jogador do mundo, e expulsão de John Terry ainda no primeiro tempo. Os gols do time de Londres foram marcados por Ramires e Fernando Torres.

De quebra o Chelsea se vingou da semifinal da Liga dos Campeões 2008/09. Naquela edição, o time inglês reclamou muito da arbitragem do norueguês Tom Henning. A partida inicial, disputada na Espanha, terminou empatada sem gols, e em Londres o Chelsea vencia por 1 a 0 até que Iniesta fez o gol da classificação nos minutos finais.

O adversário na decisão sai do duelo entre Real Madrid e Bayern de Munique, que duelam na quarta-feira no Santiago Bernabéu. A primeira partida, disputada na Alemanha, terminou com vitória anfitriã por 2 a 1.

A partida começou com muita pressão do Barcelona sobre a defesa do Chelsea e sustos. Aos 6min, Cahill sofreu lesão após tomar drible e deixou o campo para a entrada de Bosingwa minutos depois. Aos 15min, Piqué levou um encontrão de Valdés e caiu desacordado em campo. O zagueiro chegou a ficar em campo, mas, ainda desorientado, deu lugar a Daniel Alves.

A saída do defensor mudou o esquema do Barcelona, que havia entrado em campo sem laterais de ofício. Puyol, Mascherano e Dani Alves jogavam na defesa, com Iniesta e Cuenca abertos. Messi fez a função de meia armador buscando a presença de Sanchez. O argentino foi quem criou a melhor chance até então, aos 19min, mas Cech defendeu.

O goleiro nada pôde fazer aos 35min. Dani Alves tocou para Fábregas na esquerda, que cruzou na área e viu Busquets completar ao fundo das redes. Com o placar agregado empatado, o Chelsea se complico ainda mais dois minutos depois, quando a arbitragem observou agressão de John Terry em Alexis Sanchez e expulsou o defensor.

Ficaria pior. Aos 43min, Messi aproveitou a desatenção de Ramires para encontrar Iniesta pela esquerda, e o meia finalizou na saída de Cech. Três minutos depois, Ramires se redimiu ao receber passe de Lampard e tocar por cima de Valdés.

A partida voltou emocionante do intervalo, e o Barcelona teve chance de ampliar. Aos 3min, Drogba derrubou Fábregas na área e o assistente precisou indicar o pênalti, ainda que o árbitro tivesse visão clara do lance. Messi foi para a cobrança e acertou o travessão, um raro erro do argentino em chute de penalidade.

Depois do erro do melhor jogador do mundo, a partida manteve seu ritmo, com o Barcelona pressionando muito e o Chelsea se defendendo como podia. Aos 11min, Drogba arriscou finalização do meio de campo e obrigou Valdés a defender. A partida prosseguiu mais truncada, ainda que o time da casa fosse amplamente superior.

Sem conseguir superar a defesa inglesa com sua habitual troca de passes, o Barcelona optou por uma estratégia pouco comum ao time: a bola alçada na área, que pouco ameaçava os londrinos. Na técnica, Messi acertou a trave em chute de longe aos 37min. Se o Barcelona perdia chances, o Chelsea fez sua parte. Aos 46min, Torres, que pouco havia produzido desde que entrou em campo, arrancou em contra-ataque, driblou Valdés e empurrou para o fundo das redes.

Ficha técnica

BARCELONA 2 x 2 CHELSEA

Gols

BARCELONA:

Busquets, aos 35min, e Iniesta, aos 43 do 1º tempo

CHELSEA:

Ramires, aos 46min do 1º tempo, e Torres, aos 46min do 2º tempo

BARCELONA: Valdés; Piqué (Dani Alves), Masquerano e Puyol; Xavi, Iniesta e Fábregas (Keita); Messi, Alexis Sanchez e Cuenca (Tello)

Treinador: Pep Guardiola

CHELSEA: Cech; Ivanovic, Terry, Cahill (Bosingwa) e A. Cole; Obi Mikel, Lampard e Meireles; Ramires, Drogba (Torres) e Mata (Kalou)

Treinador: Roberto di Matteo

Cartões amarelos

BARCELONA: Iniesta e Messi

CHELSEA: Cech, Ivanovic, Ramires, Lampard, Obi Mikel e Meireles

Cartões vermelhos

CHELSEA: John Terry

Árbitro

Cüneyt Çakir (TUR)

Local

Camp Nou, em Barcelona (ESP)













Fonte: Terra