Liverpool está à venda e novo presidente é escolhido

O clube tem o apoio total de seus atuais financiados para este processo e tem financiamento normal

O clube inglês Liverpool foi colocado à venda nesta sexta-feira, depois que os proprietários norte-americanos Tom Hicks e George Gillett contrataram o Barclays Capital para encontrar um comprador.

O Liverpool, 18 vezes campeões inglês e pentacampeão europeu, também informou que o chefe da companhia aérea British Airways foi nomeado como o novo presidente do clube com efeito imediato e será responsável por supervisionar a operação de venda.

"Após numerosas manifestações de interessa de terceiras partes, o clube contratou o Barclays Capital para aconselhar no processo de venda", disse o Liverpool em comunicado em seu site na Internet.

"O clube tem o apoio total de seus atuais financiados para este processo e tem financiamento normal para realizar totalmente as operações do clube."

Hicks e Gillet informaram em comunicado conjunto que ser donos do Liverpool pelos últimos três anos tem sido uma experiência "gratificante e animadora".

"Tendo o clube crescido até agora, nós decidimos juntos vender o clube a compradores comprometidos a levar o clube a um próximo nível de crescimento e desenvolvimento", acrescentaram.

Os dois empresários têm sido pressionados a pagar 100 milhões de libras (160,4 milhões de dólares) dos 237 milhões de libras que o clube deve a seus credores, o Royal Bank of Scotland e o Wachovia, dos EUA.

Analistas afirmam que o Liverpool, que tem planos de construir um novo estádio, está avaliado em 500 milhões de libras, mas estima-se que o Barclays busque um valor muito acima.

Fonte: Yahoo