Lutador de MMA é preso por roubo de celular

Lutador confessou ter roubado por conta do vício em crack

O lutador de MMA e professor de artes marciais, Eduardo Bastos Silva, conhecido como Dudu Bastos, de 34 anos, foi preso na última quinta-feira (05), suspeito de assaltar duas mulheres na cidade de  Vila Velha, no Espírito Santo. Uma das pessoas assaltadas era uma policial civil, que anotou a placa do suspeito, acionou a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante. 

Na delegacia,  o lutador chorou, pediu desculpas pelos crimes e afirmou que roubou poque é viciado em crack.

De acordo com informações da polícia, a primeira vítima foi a policial civil que saia da da academia quando foi abordada pelo lutador, em uma moto vermelha e, simulando estar armado, anunciou o assalto. A vitima informou os dados da placa da moto à Polícia Militar que conseguiu identificar o endereço do acusado. Após a prisão, outra vítima identificou Dudu Bastos como sendo o assaltante que a roubou em um outro bairro da cidade. 

“Chegamos na casa dele por volta das 14 horas e ficamos de campana. Depois, a mãe dele apareceu e conversamos com ela. Ela contou que o filho, que já lutou até mesmo fora do país, tinha problemas com drogas e estava na rua com a moto”, afirmou um policial militar que participou da ação. 


Dudu Bastos ( de amarelo) enquanto lutava MMA em uma competição no estado (Crédito: Divulgação)
Dudu Bastos ( de amarelo) enquanto lutava MMA em uma competição no estado (Crédito: Divulgação)




Fonte: Com informações do GloboEsporte.com