Luxemburgo é demitido na China e vai receber R$ 26 milhões

Multa rescisória do treinador será de R$ 26 milhões

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Tianjin Quanjian. O comandante não resistiu à nova derrota da equipe chinesa na segunda divisão da competição nacional e foi demitido do clube, que conta com os jogadores brasileiros Jadson, Geuvânio e Luís Fabiano.

Contratado no final do ano passado, Luxemburgo acumulou quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas na segundona do Campeonato Chinês.

Uma nova reunião entre as partes deverá acontecer nesta segunda-feira para definir a multa rescisória. A multa rescisória em caso de demissão é de € 6,7 milhões (aproximadamente R$ 26,9 milhões).

Luxemburgo é demitido na China
Luxemburgo é demitido na China
Fonte: Yahoo