Basquete: Magnano exige comprometimento dos jogadores

Sobre a volta de Nenê e Leandrinho, técnico diz que aceitação é palavra-chave .


Magnano exige comprometimento dos jogadores da seleção de basquete

Rubén Magnano convocou Leandrinho e Nenê para a seleção de basquete que irá à Olimpíada de Londres, mas deixou claro que terá um mês de preparação para avaliar ? no dia a dia ? todos os jogadores chamados e seu comprometimento com o grupo.

O técnico argentino, que renovou com a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) para mais um ciclo olímpico ? até os Jogos do Rio de Janeiro 2016 -, também foi muito claro quanto à ?aceitação?, pelos companheiros de equipe, da volta dos dois atletas que haviam pedido dispensa do grupo.

Aceitação, disse, é palavra-chave para se trabalhar e conseguir chegar a resultados.

- Essa palavra é fundamental na concepção de uma equipe. Temos claro que nenhum nome próprio podem estar por cima do nome da seleção.

Conversa com cada um

Magnano diz que conversou com Leandrinho e Nenê ainda em Denver e Toronto e chamou os dois porque sentiu que poderia contar com eles ? senão, não os teria convocado, afirmou.

- Tive um bate-papo com cada um. Ouvi as razões pessoais ? e foi uma conversa apenas entre eu e cada um ? e essa conversa foi o que me levou a dar nova chance aos dois. Vamos ver como reagem novamente na seleção. Avaliei as duas situações e as decisões que tomei acho que são as melhores para o basquete do Brasil.

Magnano disse que teve uma ?experiência boa? com Nenê na França, por exemplo, antes de o pivô se machucar, muito próximo do Mundial da Turquia em 2010.

Fonte: R7, www.r7.com