Mano Menezes afirma que Neymar precisa saber lidar com críticas

Mano Menezes afirma que Neymar precisa saber lidar com críticas

Na seleção, até o técnico Mano Menezes admitiu a queda de desempenho do atacante de 20 anos

Neymar não realiza uma grande exibição desde as finais do Campeonato Paulista. Pelo Santos, jogou mal contra o argentino Vélez Sarsfield e pouco fez diante do Corinthians, nas quartas e semifinal da Copa Libertadores. Na seleção, até o técnico Mano Menezes admitiu a queda de desempenho do atacante de 20 anos, principal astro da equipe olímpica nos Jogos de Londres.

?As cobranças ao Neymar são proporcionais ao destaque que ele teve nos últimos meses, até anos, e aparecem quando deixa cair o rendimento em relação ao que se cria de expectativa?, comentou o treinador, na tarde deste sábado, véspera do duelo com Belarus, pela segunda rodada do Grupo C, em Manchester.

?É preciso saber lidar com isso, não perder as referências, fazer pequenas avaliações, junto com a comissão técnica, e os ajustes para que volte a ser o jogador importante que tanto precisamos nessa Olimpíada. E tenho certeza que isso vai acontecer?, acrescentou.

Nas últimas partidas pelo Brasil, Neymar foi bem e marcou gols nos amistosos contra Estados Unidos e Reino Unido e na estreia dos Jogos de Londres diante do Egito. Entretanto, não fez a diferença como é de costume neste seu início de carreira. Nos duelos com México e Argentina, nos Estados Unidos, quase não apareceu em campo.

O desafio do camisa 11 de recuperar o futebol que o consagrou como o principal jogador do Brasil após a Copa do Mundo de 2010 é ainda maior porque os treinos agora serão escassos. A cada três dias o Brasil entrará em campo pelos Jogos Olímpicos.

Mano, inclusive, falou que o trabalho será na base da conversa, sem treinamentos fortes para não correr risco de lesões dentro do seu elenco de 19 peças.

?Tenho uma equipe de trabalho que me dá todos os subsídios para mostrar com imagem o que tem de fazer, e não só falar. Lógico que fazer no campo, com a prática, é mais completo, mas não podemos submeter o jogador a um desgaste na véspera do jogo. Então prefiro fazer dessa forma?, justificou o comandante da seleção, sobre o treino leve na manhã deste sábado.

Fonte: G1