Maradona provoca e diz que Pelé está cansado "de ser 2º"

Maradona citou uma enquete feita pela Fifa, na qual pelos votos populares o argentino superou o rival

O técnico da seleção argentina, Diego Armando Maradona, voltou a acirrar a rivalidade com o ex-jogador Pelé ao dizer, em entrevista ao site oficial da Fifa, que o brasileiro está cansado de ser segundo colocado.

Maradona citou uma enquete feita pela Fifa, na qual pelos votos populares o argentino superou o rival como melhor do século, e pesquisas populares feitas no Brasil em que o tricampeão de Fórmula 1 Ayrton Senna teria derrotado Pelé como maior ídolo.

"O importante é que houve uma votação do povo e o deixei em segundo. Isso ninguém vai me tirar. E, no Brasil, houve outra votação na qual também ficou em segundo, atrás de Ayrton Senna. Então, que pare de ser segundo!", provocou.

Maradona ainda fez uma comparação de épocas com Pelé e disse que o rival encontrou mais facilidades para desenvolver seu futebol.

"Eu joguei dez anos no futebol europeu, e Pelé jogou no futebol sul-americano. Apesar de ter ganhado Mundiais, jogar na Europa é outra coisa. Embora nem por isso eu seja muito melhor do que ele nem nada pelo estilo", disse.

"Peguei uma época do futebol espanhol e do futebol italiano que os marcadores eram cães de caça. Tive que enfrentar a morte! Pelé tinha Coutinho e Rivelino, que para mim estão lá em cima. E depois tinha Jairzinho, Clodoaldo, Gérson, Tostão. Tinha monstros", completou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br