Marcelo Oliveira é demitido do Palmeiras após 9 meses no cargo

Marcelo Oliveira não resiste a derrota em casa e é demitido

Marcelo Oliveira não resistiu a mais uma derrota e foi demitido do Palmeiras apenas nove meses depois de ser contratado. A decisão foi anunciada pelo diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, logo após o revés para o Nacional-URU por 2 a 1, nesta quarta-feira (9), pela Libertadores.

Na partida de quarta-feira, Marcelo Oliveira não ficou nem no banco de reservas - o treinador havia sido expulso no duelo contra o Rosario Central. Enquanto o Palmeiras não decidir o nome do novo técnico, a equipe será comandada de maneira interina por Alberto Valentim.

"Vamos a partir de amanhã pensar em outro nome. Não era o que imaginava, queria, mas está claro que a evolução não está acontecendo. Fica a responsabilidade da direção e dos jogadores e vamos buscar a evolução amanhã", continuou.

No comando do Palmeiras, Marcelo Oliveira conquistou a Copa do Brasil de 2015, depois de derrotar o Santos na decisão. Nas demais competições, no entanto, o time não engrenou: além do nono lugar no Brasileirão, encontrou dificuldades no Paulistão, em que não é líder do próprio grupo. Na Libertadores, a derrota para o Nacional-URU tirou a equipe da ponta da chave 2 - o time uruguaio terminou o duelo com dois jogadores a menos.


Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte.com