Marco Polo Del Nero pede habeas corpus para não ser preso na CPI

Presidente da CBF teme CPI do Futebol no Senado


Image title

O presidente da CBF, Marco Polo del Nero, solicitou ao Supremo Tribunal Federal um habeas corpus que lhe impeça de ser preso durante alguma sessão da CPI do Futebol no Senado. O STF ainda não julgou o pedido do cartola.

Del Nero pede ainda para permanecer calado durante a CPI, para não assinar um documento segundo o qual se compromete a falar apenas a verdade e também o direito de se comunicar com seu advogadio durante seu depoimento. 

No pedido, Marco Polo Del Nero alega que o senador Romário (PSB-RJ), presidente da CPI, declarou várias vezes que pretende prendê-lo em flagrante. "É a crônica de uma arbitrariedade anunciada", argumenta o presidente da CBF.


Fonte: Globoesporte