Massa e Senna abrem lista de ameaçados de demissão na Fórmula 1

Massa e Senna abrem lista de ameaçados de demissão na Fórmula 1

A temporada 2011 da Fórmula 1 mostrou que começar o campeonato empregado não garante ninguém até o fim do ano

Sem o mesmo brilho de seus companheiros de equipe no começo da temporada, os únicos pilotos brasileiros no grid da Fórmula 1 correm o risco de ser trocados durante o campeonato. Felipe Massa, da Ferrari, e Bruno Senna, da Williams, já são alvos de rumores de substituição e irão pressionados para as próximas corridas do ano.

A temporada 2011 da Fórmula 1 mostrou que começar o campeonato empregado não garante ninguém até o fim do ano. Daniel Ricciardo, por exemplo, ganhou a vaga de Narain Karthikeyan na Hispania ao longo do campeonato. O próprio Senna se beneficiou da situação, herdando o lugar de Nick Heidfeld na Lotus Renault e correndo as oito últimas provas como titular.

Agora, é o brasileiro quem está ameaçado. Senna tem 14 pontos e ocupa a 13ª colocação no Mundial de Pilotos. Seu companheiro de Williams, o venezuelano Pastor Maldonado, venceu o Grande Prêmio da Espanha e pulou para a nona posição, com 15 pontos a mais.

O desempenho de Senna fez o ex-piloto Mika Salo dizer que o brasileiro será trocado por Valtteri Bottas, reserva da Williams, ainda neste ano.

?Frank Williams elogia muito Valtteri e diz que ele deveria estar nas corridas. Perguntei quando e ele falou que não ia demorar. Li nas entrelinhas que Bottas correrá nesta temporada?, declarou Salo, em entrevista à televisão finlandesa MTV3.

Situação semelhante à de Senna vive o também brasileiro Felipe Massa. O piloto da Ferrari ocupa a 17ª colocação no Mundial de Pilotos, com apenas dois pontos conquistados. Enquanto isso, Fernando Alonso, seu companheiro na escuderia italiana, soma 61 e está na vice-liderança, atrás de Sebastian Vettel apenas nos critérios de desempate.

Para piorar a situação de Massa, o brasileiro não ficou na frente de Alonso em nenhuma das corridas deste ano. Por isso, vários pilotos surgem como possibilidades para a Ferrari, como Sergio Pérez, Paul di Resta, Nico Hulkenberg e Jérôme D?Ambrosio.

Depois do 15º lugar de Massa no Grande Prêmio da Espanha, disputado no último domingo, a Ferrari divulgou uma nota demonstrando certa insatisfação, o que aumentou os rumores.

?Em Montmeló, Felipe foi muito infeliz na corrida e na classificação, mas todos esperam uma mudança de direção já no GP de Mônaco?, afirmou a escuderia.

Fonte: UOL