Pela 2ª corrida consecutiva Felipe Massa larga na frente; Vettel pole

Pela 2ª corrida consecutiva Felipe Massa larga na frente; Vettel pole

O piloto brasileiro provou neste sábado que dará trabalho ao companheiro de equipe.

Felipe Massa prometeu: iria para cima de Fernando Alonso em suas últimas corridas na Ferrari. O piloto brasileiro provou neste sábado que dará trabalho ao companheiro de equipe. Pela segunda corrida consecutiva, Massa larga na frente do espanhol. Ele obteve o sexto lugar no grid de largada do GP de Cingapura e sai logo à frente de Alonso. Sebastian Vettel obteve a pole position e caminha com firmeza rumo ao quarto título.

Com a saída confirmada da Ferrari ao fim desta temporada, Massa afirmou que não seria mais o "escudeiro" de Alonso. Seu desempenho nas primeiras atividades no circuito de Marina Bay deram a impressão de que seria complicado cumprir o que havia dito.

Discreto durante os treinos livres, Massa enfrentou algumas dificuldades no começo do treino. O piloto brasileiro levou um susto no Q1, quando aparecia na 18ª posição a poucos instantes do fim da sessão. Ele foi para a pista, obteve a 13ª melhor marca e se classificou para a etapa seguinte.

No Q2, Massa teve mais tranquilidade: com o oitavo tempo, avançou para o Q3. Na última parte do treino, o brasileiro fez sua melhor volta em 1min43s890. Alonso, que cruzou a linha de chegada pouco depois, fez 1min43s938. Assim como no GP da Itália, na etapa anterior, o brasileiro larga à frente do espanhol. No circuito de Monza, Massa saiu na quarta posição, com Alonso logo atrás.

O atual tricampeão mundial já havia dominado os treinos livres, quando foi o mais rápido na sexta-feira. Vettel não deu chances aos adversários no classificatório e selou sua 41ª pole position na carreira. No Q3, o piloto da Red Bull cravou o tempo de 1min42s841 logo no começo da sessão. Nico Rosberg ainda tentou roubar a pole, mas fechou sua melhor volta em 1min42s932 e larga em segundo.

Futuro companheiro de Alonso na Ferrari, Räikkönen foi para a pista no sacrifício. O "Homem de Gelo" sentiu fortes dores nas costas e esteve ameaçado de nem participar do treino de classificação. O piloto da Lotus, porém, superou o problema físico e conseguiu a 13ª posição no grid.

Fonte: Denison Duarte