Mercedes nega rumores de saída de Paddy Lowe para Ferrari

A história foi negada tanto pela equipe Mercedes

Um rumor que ganhou força neste final de semana de GP de Cingapura foi uma mudança surpresa envolvendo Ferrari e Mercedes: em meio às incertezas sobre a renovação de contrato, Paddy Lowe, diretor técnico do time alemão, estaria se transferindo para a equipe de Maranello.

A história, entretanto, foi negada tanto pela Mercedes quanto por Lowe - as duas partes se mostraram confiantes de que não haverá nenhum tipo de mudança neste sentido.

“Paddy na Ferrari? Isso é novidade para mim. Se alguém deseja sair, você não pode impedir. Por isso tento criar uma boa atmosfera de trabalho dentro da equipe", disse Toto Wolff, chefe da Mercedes. Posteriormente, o dirigente falou à TV austríaca e não quis se estender sobre os detalhes do contrato de Lowe, mas expressou o desejo de seguir com o diretor técnico: "Espero que ele fique", afirmou.

Image title

O próprio Lowe falou sobre o tema para a revista alemã Autobild: “Não falei com a Ferrari e eles não me procuraram. Trabalho em uma grande equipe, com grandes pessoas e me dou muito bem com Toto Wolff. Não tenho motivos para sair", ressaltou.

Sebastian Vettel reconheceu que ter alguém do calibre de Lowe na Ferrari seria um avanço, mas destacou que é algo que não vai acontecer, pois o diretor técnico está comprometido com o time de Brackley.

“Conheço ele um pouco, mas não tanto - pois nunca trabalhamos juntos. De qualquer forma, não cometeria o erro de subestimar alguém como Paddy Lowe. Se ele estivesse disponível, você teria que pensar na contratação dele, sem dúvida. Mas entendo que ele não está disponível, então não é uma opção para nós", completou.

Fonte: Terra