Argentino Messi chega a 301 gols pelo Barcelona da Espanha

Messi exibiu mensagem para o filho em munhequeira

Já virou rotina nos jogos do Barcelona: gols de Messi, recordes alcançados. Neste domingo, a vítima foi o Levante: 4 a 0, no estádio Ciutat de València, pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol. O time de Tito Vilanova segue líder, mas agora dono de uma marca histórica: empatou com o Real Madrid de 1991/1992 como melhor campanha do início da competição (12 vitórias e um empate).


Messi chega a 301 gols pelo Barça

Uma marca inédita foi alcançada pelo Barça no estádio do Levante. Como Daniel Alves saiu machucado aos 14 do primeiro tempo para a entrada de Montoya, Vilanova atingiu um antigo sonho da torcida culé: pela primeira vez na história, o Barça contou com 11 jogadores revelados pelo clube em campo ao mesmo tempo. São eles: Valdes, Montoya, Piqué, Puyol, Alba, Busquets, Xavi, Cesc, Pedro, Messi e Iniesta.

Pra variar, Messi também alcançou mais um feito com a camisa do time. O argentino marcou duas vezes e chegou a 301 gols pelo clube, contando amistosos e jogos oficiais (é o terceiro maior artilheiro da história, atrás de Paulino Alcantara, com 369, e Samitier, que fez 333).

Messi, que agora tem 279 em partidas oficiais e 22 em amistosos, comemorou exibindo a inscrição "Te amo, Thiago" na munhequeira em homenagem ao filho. Na busca pelo recorde de gols em um ano, o camisa 10 agora está a apenas três do alemão Gerd Müller, que marcou 85 em 1972: o argentino soma 82 e ainda tem mais seis jogos pela frente até o final de 2012.

Mesmo com Messi inspirado, o destaque da partida foi Iniesta. O melhor jogador da última Eurocopa marcou o terceiro gol do Barça e deu três assistências (as duas para Messi e uma para Fàbregas fechar o placar). O resultado deixou o time de Vilanova com 37 pontos na liderança, três a mais que o Atlético de Madri. o Levante fica em sexto, com 20.

O Barça chegou a levar alguns sustos no primeiro tempo e só não saiu atrás no placar graças a uma grande defesa de Victor Valdés em chute de Barkero. Aos 31, Juanlu fez grande jogada na área da equipe catalã, deu um drible entre as pernas de Piqué e cruzou para Barkero, mas o chute foi para fora.

A vitória do líder saiu na etapa final. E sem sustos. Logo no segundo minuto, Messi recebeu de Iniesta entre a zaga, entrou na área e deu um belo toque por cima do goleiro Munúa. Cinco minutos depois, Iniesta foi à linha de fundo pela esquerda e rolou para o camisa 10, que pegou de primeira para deixar 2 a 0 no placar. Foi o 19º gol do argentino, artilheiro do Espanhol.

Aos 11, Iniesta deixou o dele. E com estilo: arriscou da entrada da área com um chute forte e acertou o ângulo direito do goleiro do Levante. Aos 17, Fàbregas iniciou a jogada fora da área, tabelou com o herói da Fúria na final da Copa do Mundo de 2010, driblou Munúa e tocou para o gol vazio, fechando o placar.

O Levante teve grande chance para descontar já aos 41, de pênalti. Mas parou em Victor Valdés. O goleiro defendeu a cobrança de Barkero e depois pegou também a tentativa do atacante no rebote.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com