Messi encara CR7 e Iniesta pelo tetra do prêmio Bola de Ouro

Messi encara CR7 e Iniesta pelo tetra do prêmio Bola de Ouro

Os três finalistas foram escolhidos através dos votos de jornalistas, técnicos e capitães das seleções nacionais, a partir de lista prévia.

Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Andrés Iniesta são os três finalistas do prêmio Bola de Ouro 2012, organizado pela Fifa e pela revista France Football, que define o melhor jogador da temporada. O brasileiro Neymar ficou de fora.

O anúncio foi feito em evento realizado centro de convenções do Anhembi e teve a presença de Ronaldo, membro do Comitê Local da Copa de 2014, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, além do secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.

Os três finalistas foram escolhidos através dos votos de jornalistas, técnicos e capitães das seleções nacionais, a partir de lista prévia. Antes da definição desta quinta, haviam 23 finalistas, com destaque para seis espanhois, todos integrantes da seleção campeã europeia em meados deste ano.

Neymar já havia figurado entre os 23 finalistas de 2011, mas também não havia conseguido ficar entre os três finalistas.

Messi, atual tricampeão do prêmio, teve temporada discreta em 2012 em termos de conquistas e venceu em 2012 apenas uma Copa do Rei. Com sua seleção, foi destaque em alguns amistosos.

Já Cristiano Ronaldo venceu o Campeonato Espanhol e a Supercopa da Espanha. Foi semifinalista da Eurocopa com a seleção portuguesa. Iniesta venceu a Copa do Rei, com o Barcelona, e a Eurocopa, com a seleção espanhola.

Blatter ainda tentou explicar o fato de Neymar, mais uma vez, ficar de fora da lista dos três finalistas mesmo com suas ótimas apresentações pelo Santos e pela seleção brasileira.

?O problema é que a Copa é jogada a cada quatro anos. Os jogadores de seleções podem se apresentar na Copa. Não precisam estar em nenhum clube. O problema é que o time nacional joga na América do Sul, jogam bastante, Copa América. E atualmente, as grandes ligas europeias têm a elite. Quando olha os nomeados, é um fato de que, infelizmente, ele [Neymar] teve oportunidade nos Jogos Olímpicos. Não é fácil [ser o melhor do mundo fora da Europa]. A concentração das estrelas está na Europa, onde há maior cobertura da televisão.?

Gol mais bonito

Se ficou de fora da lista de melhor do mundo, Neymar ainda concorre ao prêmio de gol mais bonito do ano. Está entres os três finalistas do Prêmio Puskas, dessa vez, pelo primeiro de seus gols na partida contra o Internacional, pela Copa Libertadores. Em 2011, ele ganhou o prêmio Puskar pelo gol marcado contra o Flamengo.

Marta entre as mulheres

Marta está entre as melhores do ano. Ao lado da brasileira, que pode recuperar o prêmio de melhor do mundo após perdê-lo para a japonesa Sawa, estão as americanas Alex Morgan, considerada uma das musas da modalidade, e Abby Wambach. Ela concorre ao prêmio pela sexta vez. Ganhou todas edições do prêmio desde 2006, exceto em 2011.

Fonte: UOL