Messi marca dois, Barça vence e põe fogo na briga pelo título com o Real

De virada e fora de casa, time culé bate Levante com pênalti polêmico

O Barcelona fez o seu papel e voltou a colar no Real Madrid na briga pelo título do Campeonato Espanhol. Neste sábado, o time culé venceu o Levante por 2 a 1, de virada, com dois gols de Lionel Messi, que chegou aos 41 na tabela de artilheiros, se igualou a Cristiano Ronaldo e também quebrou o recorde de tentos de CR7 numa mesma edição da competição (40 na temporada 2010/2011). O resultado deixou a equipe catalã, que teve um pênalti polêmico assinalado na etapa final, com 81 pontos, quatro a menos do que os rivais, que tem 85.


Messi marca dois, Barça vence e põe fogo na briga pelo título com o Real

No próximo sábado, Barcelona e Real Madrid vão se enfrentar em partida válida pela 34ª rodada da competição. A vitória para o lado culé pode colocar ainda mais fogo na competição e deixar a diferença em apenas um ponto. Porém, um triunfo merengue praticamente garante o caneco à equipe de José Mourinho a três rodadas do fim do campeonato.

Assim como ocorreu com o Real Madrid neste sábado, o Barcelona também começou perdendo para os rivais. Jogando fora de seus domínios, a equipe de Messi & cia. viu o Levante abrir o marcador ainda no primeiro tempo, aos 23 minutos. Busquests colocou a mão dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Barkero cobrou e colocou os donos da casa em vantagem.

Na etapa final, o Barcelona acordou a partir da entrada Iniesta. O apoiador espanhol entrou em campo aos oito minutos da etapa final na vaga de Pedro. E parece que o fator psicológico da presença do camisa 8 surtiu efeito. Aos 18, Messi tabelou com Sanches na entrada da área e bateu colocado de perna esquerda para deixar tudo igual no placar.

Com o gol, Messi se igualou a Ronaldo Fenômeno ao marcar gols em dez rodadas consecutivas de uma mesma edição do Campeonato Espanhol. Na temporada 1996/1997, o brasileiro atingiu o feito também defendendo o Barcelona. E o argentino não se fez rogado e ainda garantiu mais três pontos para o time culé aos 26.

Em pênalti polêmico assinalado pelo árbitro após empurrão dentro da área em Cuenca, Messi bateu no canto esquerdo superior do goleiro Munúa para dar números finais ao confronto. Com o tento, o argentino chegou aos 41 e se igualou a Cristiano Ronaldo na tabela de artilheiros. "La Pulga" também quebrou o recorde de CR7 na temporada passada, quando o português marcou 40 tentos numa mesma edição do Campeonato Espanhol.

O resultado deixou a decisão da competição para o próximo fim de semana. Isso sem falar no duelo entre Lionel Messi e CR7, que disputam gol a gol a artilharia da competição.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com