Mourinho nega crise e ironiza jornais e segue confiante para jogo contra o Barça

Mourinho garante que sabe das forças do Barcelona, mas acredita que seu time pode armar uma surpresa


Mourinho nega crise e ironiza jornais:

O Real Madrid vai com tudo para cima do Barcelona. A impressão que fica após a entrevista coletiva de José Mourinho nesta terça-feira, véspera de mais um "El Clasico" é de que se verá uma equipe merengue bem diferente dos últimos confrontos entre os dois times. Sem querer saber de crise, o treinador português demonstra confiança para o jogo de volta das quartas de final da Copa do Rei, no Camp Nou, que o Real precisa vencer por dois gols de diferença.

Com o tradicional estilo Mourinho, o treinador rebateu as críticas que vem recebendo da imprensa espanhola sobre estar criando um racha no elenco e de não conseguir vencer o Barcelona. Segundo ele, não há problema algum no vestiário e os resultados provam uma evolução no clube desde que sua chegada - afinal, com "O Especial", o Real quebrou um jejum de 18 anos sem ganhar a Copa do Rei.

- Quando cheguei, o Real Madrid tinha a tradição de ser eliminado da Copa do Rei por equipes de menor expressão, e agora somos os atuais campeões. Quando cheguei, o Real não estava nem classificado para a Liga dos Campeões, e agora temos a melhor campanha da fase de grupos. É, acho que tenho muitos problemas mesmo... E agora temos cinco pontos de frente para o segundo colocado da Liga. Não podemos estar fazendo tudo errado - disparou o treinador, em entrevista coletiva, alegando não ter conhecimento de nenhuma discussão com jogadores.

- Não sei de onde saíram essas informações. Estou amplamente amparado pela diretoria e todos estamos em plena harmonia. Esse jogo não é um momento decisivo, como um antes e depois na minha carreira do Real Madrid, de forma alguma - ressaltou.

A confiança do treinador para a partida desta quarta-feira está lá em cima. Mourinho garante que sabe das forças do Barcelona, mas acredita que seu time pode armar uma surpresa.

- Meu time tem chances de chegar às semifinais e vamos lutar para isso. O Barcelona pode ter algumas mudanças de jogadores, mas seu estilo de jogo é bem definido e não muda. Eu ainda não sei qual equipe vou escalar, e também não diria a vocês se soubesse, mas acredito que podemos vencer, embora tenha ciência da importância do resultado do primeiro jogo - afirmou o português, que espera contar com Pepe na partida.

- Se o Pepe estiver em condições, vai jogar. Ele, Lass e Granero ainda são dúvidas, mas vamos treinar pela manhã de quarta-feira e, então, definiremos o time - concluiu.

Fonte: Globo Esporte