Muricy diz que não aceita pressão e afirma: "tem que ter respeito"

Muricy diz que não aceita pressão e afirma: "tem que ter respeito"

Alguns companheiros caíram de rendimento quando foram à reserva.

Sem grandes mudanças em relação ao time de 2013 -– só o lateral direito Luis Ricardo foi apresentado–, Muricy Ramalho teve uma conversa com o elenco e cobrou uma alteração de postura dos jogadores e que o ambiente fosse melhorado.

Durante entrevista coletiva na última semana, o meia Maicon pediu o fim de “biquinhos” no clube. De acordo com o jogador, alguns companheiros caíram de rendimento quando foram à reserva.

"O técnico que está comandando esse grupo é experiente e não aceita pressão de ninguém, ainda mais de jogador. Em time de futebol não precisa ser amigo, mas tem de ter respeito. Pode não ficar satisfeito, mas não tem de ficar com carinha, de biquinho, esse tipo de jogador aqui não joga mais", declarou o treinador, durante coletiva.

Na temporada passada, discussões de todos os tipos foram vistas no clube: entre atletas, entre atleta e técnico, treinador e diretoria e diretoria e atletas. O reflexo disso foi o baixo rendimento e a luta contra a degola no Campeonato Brasileiro.

"Ano passado não deu para me explicar para o grupo, mas agora estamos convivendo. A disciplina tem de ser rigorosa, esse ano vai ser assim. Uma família também é disciplinada",– completou o técnico tricolor.

Fonte: Terra