Na despedida de Gabigol, Santos perde para o Figueirense

Gabigol irá jogar na Inter de Milão

Manhã de sol e calor, estádio cheio, despedida de Gabigol e um adversário que até então estava na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Tudo estava preparado para uma festa na Vila Belmiro na manhã deste domingo. Mas não foi o que aconteceu. O Santos encontrou enorme dificuldade para furar o bloqueio do Figueirense, viu Rafael Moura marcar de pênalti e, assim, acabou derrotado por 1 a 0, em jogo da 22ª rodada do Brasileirão.

Com o resultado, o Santos estaciona nos 36 pontos e perde a chance de entrar no G-4, ficando, pelo menos por enquanto, com a quinta colocação da tabela. Já o Figueirense chega a 24 pontos, assume o 16º lugar e agora seca Internacional e Vitória neste domingo para permanecer fora da zona de rebaixamento.

O Santos ganha agora mais de uma semana para trabalhar até o próximo compromisso, marcado apenas para o dia 8 de setembro, contra o Internacional, no Beira-Rio. Já a Ponte Preta volta a campo um dia antes para encarar o Flamengo, fora de casa.

Gabigol bem que tentou

Por conta da viagem da Itália para o Brasil, o atacante Gabigol iniciou o jogo no banco de reservas e só foi a campo no intervalo. Mas deu azar logo quando entrou. Aos 2min, viu Rafael Moura abrir o placar. Depois, foi quem mais tentou do Santos e teve três boas finalizações ao gol de Gatito. Até chegou a balançar as redes, mas estava em posição de impedimento.


Rafael Moura  (Crédito: Estadão Conteúdo)
Rafael Moura (Crédito: Estadão Conteúdo)


Fonte: Com informações do Uol